Conclusão

Relação custo-benefício

Quanto vale um aparelho com tela curva?

Se considerarmos que o LG G Flex é muito mais um phablet do que um smartphone, podemos colocá-lo lado a lado com o Samsung Galaxy Note 3 e o Sony Xperia Z Ultra, seus principais concorrentes. Ambos chegaram ao mercado no final do ano passado, o que faz com que naturalmente seus preços hoje já sejam mais baixos do que os do lançamento.

Entretanto, há uma distância grande ainda de preço entre o modelo da LG e os demais. Em nossas pesquisas, encontramos o LG G Flex por preços que variam entre R$ 2.230 e R$ 2.699. Já os concorrentes, atualmente, podem ser encontrados nas lojas online por preços menores até mesmo do que R$ 2 mil.

Com tela de resolução HD, o aparelho perde nesse quesito para os seus concorrentes. Entretanto, não há como negar que o diferencial aqui fica por conta da tela curvada. A questão é: vale a pena pagar mais por uma tela com esse formato? A LG acredita que sim e, se você também aposta nesse conceito, vale a pena embarcar nessa ideia. Por outro lado, numa análise fria de hardware, é possível ter mais (ou a mesma coisa) por menos em outros modelos.

LG G Flex

Vale a pena?

É inegável que há inovação no LG G Flex. Um celular com tela curva pode ser o primeiro passo para que no futuro tenhamos aparelhos com telas flexíveis. Conceitualmente trata-se de uma excelente ideia. Entretanto, os diferenciais trazidos nesta primeira versão por conta do formato do produto não são suficientes para justificar essa característica como uma necessidade para o consumidor.

Faltam recursos específicos que permitam que o consumidor tire proveito dessa vantagem. Por outro lado, o fator de autorregeneração da película traseira pode garantir um celular com "cara de novo" por mais tempo. Porém, deixamos claro: o recurso não faz milagres e riscos mais fortes não vão desaparecer da noite para o dia como em um passe de mágica.

Se as duas características principais deixam ainda no ar a sensação de que falta alguma coisa, por outro lado as configurações hardware e o desempenho do aparelho no dia a dia não decepcionam. Você poderá executar qualquer app disponível na Play Store sem precisar se perguntar se ele vai rodar ou não.

Obviamente, inovação tem um preço salgado. Resta saber se o consumidor está disposto a pagar a mais por isso. Com o lançamento, a empresa mostra que é capaz de trazer novidades para o segmento. Agora, fica expectativa para que nas próximas versões a LG consiga transformar essa inovação em algo útil, prático e diferenciado para o consumidor.