(Fonte da imagem: Divulgação/LG)

A LG iniciou oficialmente as vendas de seu novo smartphone top de linha, o G Flex, a partir de ontem (25), entrando de vez na disputa com os aparelhos de ponta das fabricantes rivais com seu dispositivo curvado. O gadget é o primeiro celular premium do Brasil a contar com o design de tela e bateria curvos, o que a empresa afirma se traduzir em benefícios reais para os usuários.

O lançamento foi anunciado durante o LG Digital Experience 2014, evento ocorrido em São Paulo que reuniu as principais novidades planejadas pela fabricante sul-coreana para o ano vigente. Além do celular high-end, também foram anunciados outros dispositivos móveis, televisores, aparelhos de som e até mesmo produtos de linha branca, incluindo micro-ondas e sistemas de climatização.

O G Flex vem com um painel OLED de plástico curvo com seis polegadas e resolução HD (1280x720). Além disso, sob o capô estão contidos um processador quad-core Snapdragon 800 de 2,26 GHz, 2 GB de RAM, 32 GB de armazenamento e uma bateria de 3.400 mAh. O aparelho também vem com a tecnologia Knock On e conta com o Smart Button traseiro, que une em si as funções de ligar e desligar, ajustar o volume, desativar alarmes e tirar fotos.

Observando a curva

(Fonte da imagem: Divulgação/LG)

A companhia afirma ter constatado após testes e pesquisas que o novo formato de tela presente no celular não é apenas mais ergonômico e confortável aos olhos, já que todos os pontos do display ficam à mesma distância dos usuários, mas também permite maior imersão ao assistir vídeos e filmes. O visor curvo amplia a qualidade de imagem, já que seu formato reduz a incidência de luz e de reflexos no aparelho.

Adicionalmente aos benefícios à visão, o smartphone curvo também apresenta a vantagem de se ajustar ao rosto das pessoas enquanto elas fazem ligações, reduzindo as distâncias entre a boca e o microfone e entre o ouvido e o alto-falante. “Nós desenvolvemos um produto que realmente fará com que os usuários se sintam surpreendidos com o benefício agregado”, disse Bárbara Toscano, gerente geral de marketing para celulares da LG.

Fator de cura

O destaque final do G Flex vai para a capacidade de Self Healing implementada à sua carcaça traseira. Inspirada na tecnologia utilizada no setor automotivo de alto padrão, a novidade regenera em alguns minutos pequenos riscos causados no cotidiano. Isso acontece porque a parte traseira é coberta por uma fina capa transparente de polímero, que esquenta e faz com que os danos desapareçam.

Segundo Jan Peter, diretor de vendas de celulares da LG, é como seu houvesse uma espécie de “cama de espinhos” invisíveis sob a superfície da carcaça. “Quando um risco é feito, essas pontas se entortam, mas com o tempo e o calor ambiente eles acabam voltando para a posição original, o que faz os danos sumirem”, explicou. Vale ressaltar, no entanto, que o sistema não resiste a cortes mais profundos, como os realizados por objetos afiados, por exemplo.

Especificações técnicas

  • CPU: processador quad-core Snapdragon 800 de 2,23 GHz;
  • Tela: painel OLED de plástico curvo com seis polegadas e resolução 1280x720;
  • Memória: 2 GB de RAM;
  • Armazenamento: 34 GB;
  • Sistema operacional: Android 4.2 Jelly Bean (atualização para a versão 4.4 KitKat prevista para maio para toda a linha G);
  • Câmera traseira: resolução de 13 MP para fotos e captura de vídeos em qualidade Ultra HD (3840x2160), com flash em LED e zoom de 4x;
  • Câmera dianteira: 2 MP;
  • Bateria: Li-Ion com 3.400 mAh;
  • Conectividade: compatibilidade com 3G Dual Band e 4G Single Band;
  • Dimensões (AxLxE): 16 x 8,2 x 0,9 cm;
  • Peso: 176 gramas.

Falando de números

O G Flex já está disponível para compra em diversas lojas brasileiras, com o preço sugerido pela LG de R$ 2.699. No entanto, antes de decidir de vez se vai ou não comprar o gigante de tela curva da fabricante sul-coreana, vale a pena ficar atento para o hands-on em vídeo realizado pelo Tecmundo, que estará no ar em breve.

Cupons de desconto TecMundo: