A família de servidores da IBM. (Fonte da imagem: Divulgação/IBM)

A fabricante chinesa Lenovo adquiriu outra fatia de serviços da IBM. Depois de comprar a rede de microcomputadores em 2005, incluindo a marca da série ThinkPad, a companhia agora é dona também de quase toda a unidade de servidores da parceira. A negociação já era comentada desde o ano passado e foi finalizada em US$ 2,3 bilhões (aproximadamente R$ 5,4 bilhões).

O valor em dinheiro deve ser de US$ 2 bilhões, enquanto o resto será balanceado entre ações da Lenovo. Estão envolvidos na negociação servidores como System x, BladeCenter e Flex System, além de outros sistemas integrados e equipamentos e softwares de manutenção.

Apesar de ser menos importante para o consumidor por não envolver diretamente um produto, o passo é importante no crescimento da Lenovo, que parece não encontrar limites para a expansão. Com a aquisição de alto valor, a Lenovo agora é dona do "recorde" de maior negócio envolvendo TI em toda a China.

Segundo a IBM, a venda permitirá à empresa focar em inovações de sistema e software, enquanto a Lenovo pensa "em crescimento de sucesso em longo prazo". Os mais de sete mil funcionários que cuidavam dos servidores receberão ofertas de emprego da nova chefia depois que ambas as partes resolverem toda a burocracia da negociação. A fabricante garante que áreas como disponibilidade de produtos e atendimento ao consumidor não serão afetadas durante o processo.

Cupons de desconto TecMundo: