Agora é oficial, a Lenovo vai realmente investir 30 milhões de dólares na montagem de uma fábrica no Brasil – junto a uma central de distribuição de produtos montados no país. Segundo o The Next Web, a área ocupada pela empresa chinesa será de 325 mil metros quadrados, sendo que todas as instalações vão ficar próximas à cidade de Itu, no interior de São Paulo.

O site Terra também trouxe informações importantes, mostrando que pelo menos 700 funcionários devem ser contratados para as linhas de montagem de desktops e notebooks que serão produzidos no Brasil. Com isso, a Lenovo se junta a empresas como Microsoft e Foxconn, que também já operam fábricas no país.

Por que o Brasil?

A Lenovo é a segunda maior fabricante de computadores do mundo, ficando atrás apenas da HP. Mas no Brasil os números não são tão impressionantes, o que faz com que a empresa chinesa amargue uma sétima posição – considerando a América Latina inteira, a situação é ainda pior, nona posição no mercado.

Com a fábrica instalada em solo brasileiro, é possível que os preços sejam reduzidos e a empresa passe a competir diretamente com empresas que são muito fortes por aqui, como a própria HP e a Positivo Informática. Os planos da Lenovo apontam para o início das operações até dezembro deste ano.

Fontes: Terra, ZTop e The Next Web

Cupons de desconto TecMundo: