Já existe uma nova opção de tablet de alto desempenho no mercado brasileiro. Trata-se do Lenovo Yoga Tablet 2 Pro, que chegou às lojas recentemente e oferece uma vasta gama de recursos para os consumidores que buscam soluções profissionais em seus equipamentos — o que inclui um projetor integrado para a transmissão de conteúdos de uma forma mais clara e simples.

O aparelho com tela de 13 polegadas está sendo vendido por preços próximos aos R$ 2.099 e oferece vários recursos. Mas será que vale a pena investir nele? É o que vamos descobrir! Confira agora mesmo o que achamos sobre o novo portátil profissional lançado pela Lenovo.

Design

O design do Lenovo Yoga Tablet 2 Pro é bem bonito, e isso fica evidente nas várias configurações possíveis para ele — seja com o suporte utilizado para mantê-lo em pé, no modo prancheta ou sendo usado no colo. Mesmo com as grandes dimensões das 13 polegadas, ele consegue ser discreto e sóbrio, com traços que podem agradar facilmente a qualquer consumidor.

Na parte traseira do aparelho existe um pequeno suporte retrátil. Ele pode ser acionado para manter o tablet na posição mais confortável desejada. Entretanto, é preciso saber que em alguns momentos parece mais confortável sincronizar um teclado Bluetooth para que a digitação de grandes textos seja feita com mais fluidez — principalmente quando o tablet é usado na vertical, como um monitor.

Também é necessário ter em mente a tela grande pode dificultar a utilização de alguns aplicativos, principalmente jogos que exijam toques rápidos na tela. Ou seja, o design do Lenovo Yoga Tablet 2 Pro é excelente para os apps profissionais, mas pode dificultar a vida de quem procura um aparelho para jogar.

Tela

É impossível utilizar o aparelho e não elogiar a tela do Yoga. Ela traz 13,3 polegadas e resolução Quad HD (2560x1440 pixels) para resultados excelentes em games, navegação na internet e reprodução de vídeos. Com exceção de alguns aplicativos que não estão preparados para altas resoluções, tudo é executado com detalhes excelentes no dispositivo.

A velocidade de resposta aos toques e o brilho também ganham muitos pontos, principalmente pela tela permitir que o aparelho seja usado até mesmo em ambientes com bastante iluminação — incluindo situações em locais externos ou internos com a proximidade de janelas, por exemplo.

Interface

A Lenovo ainda não atualizou o tablet para o Android Lollipop, por isso ele é equipado com o Android 4.4 KitKat. Com uma interface própria e modificada, o tablet da Lenovo oferece uma utilização bastante fluida para todos, não sendo carregado com muitos aplicativos desnecessários — apenas alguns recursos para anotações e facilidades de utilização.

Também é preciso dizer que a disposição das pastas, ícones e wallpaper padrão do aparelho faz com que muitos se lembrem do iOS — sistema operacional usado nos iPads e iPhones. Isso vale tanto pelo design quanto por algumas funcionalidades, incluindo o acesso a configurações por meio de menus arrastados na parte inferior da tela.

Desempenho

Além do funcionamento fluido na interface principal, o aparelho também se sai muito bem na execução de tarefas — tanto as comuns quanto as que exigem um pouco mais de poder do hardware. Aplicativos de todos os tipos podem rodar sem problemas no tablet, mesmo quando estamos falando de alguns jogos mais pesados — lembrando que em alguns casos os gráficos são afetados pela própria programação.

É claro que alguns games mais pesados podem rodar sem o máximo da qualidade gráfica, mas não há como dizer que isso atrapalha a experiência dos usuários em qualquer momento que seja. A navegação na internet também ocorre com qualidade até mesmo quando o Chrome está com várias abas carregadas. Isso se aplica, inclusive, aos softwares de escritório.

Especificações técnicas

  • Sistema operacional: Android 4.4.2 KitKat
  • Tela: IPS LCD de 13,3 polegadas
  • Resolução: 2560x1440 pixels
  • Densidade de pixels: 221 ppp
  • Chipset: Intel Atom Z3745 quad-core
  • Clock de processamento: 1,33 GHz
  • GPU: Intel Gen 7
  • Memória RAM: 2 GB
  • Memória de armazenamento: 32 GB
  • Câmera traseira: 8 MP
  • Câmera frontal: 1,6 MP
  • Áudio: JBL Subwoofer de 5 Watts
  • Bateria: 9600 mAh
  • Dimensões: 333 mm x 223 mm
  • Espessura: 3,7 mm
  • Peso:948 gramas
  • Extras: Projetor integrado (até 50"), GPS, sensor de luminosidade, Função Vibração e acelerômetro

Bateria

Com uma bateria robusta, o tablet oferece uma boa autonomia para os consumidores. É possível reproduzir conteúdos de mídia por várias horas e navegar na internet sem problemas por períodos ainda mais longos. Tudo isso garante que os usuários podem utilizar o equipamento para trabalhar com bastante tranquilidade, sem precisarem de tomadas com frequência.

Câmera e áudio

Antes de falar das câmeras, é preciso lembrar que estamos nos referindo a um tablet, não a um smartphone. A câmera frontal do tablet é de boa qualidade e garante um bom resultado para videoconferências. A traseira pode até ser usada para a captura de imagens em situações esporádicas, mas não possui recursos para que seja comparada às vistas em celulares — nem em resolução nem em foco ou suavidade.

Quando falamos sobre áudio de tablets, precisamos levar em consideração o volume e a definição do som. Nestes dois quesitos o Yoga da Lenovo se saiu bem. Ele reproduz tudo com bastante clareza e intensidade, mesmo sem oferecer muita potência nos graves. Em resumo: é uma ferramenta de altíssima qualidade para quem quer reproduzir áudio de filmes do próprio tablet.

Projetor integrado

Um dos grandes destaques do novo tablet é o projetor integrado a ele — e seria errado não analisar este recurso independentemente. Localizado na base do dispositivo (no lado oposto do botão de ligar e desligar), este projetor permite que imagens sejam transmitidas com até 50 polegadas sem distorções. Isso tudo é muito bom e prático, sendo necessário apenas modificar a distância focal da lente por meio de um botão que fica próximo à saída de vídeo.

Por outro lado, apesar de o sistema ser excelente para a demonstração de trabalhos e documentos profissionais, a reprodução multimídia pode não ser tão interessante, uma vez que a definição da imagem fica bem abaixo do que é visto na tela do aparelho. Isso vale principalmente para quem é aficionado por imagens com altíssima definição.

Vale a pena?

O Lenovo Yoga Tablet 2 Pro é totalmente voltado para os usuários profissionais — principalmente pelas funcionalidades excelentes para a apresentação de projetos, por exemplo — e traz soluções para eles com maestria. Isso é visto na tela, no hardware, no sistema de projeção e também nos recursos de mídia. Se sua utilização se encaixa nesse perfil, a aquisição do aparelho é mesmo recomendada.

Entretanto, se você quer um tablet para games ou para funções mais simples, o custo de R$ 2.099 pode ser alto demais. O aparelho certamente pode cumprir essas tarefas, mas um modelo menor garante o mesmo e de uma forma bem mais confortável — lembrando que a utilização dele acaba sendo difícil em games que exigem mais agilidade.

Cupons de desconto TecMundo: