Lenovo vem diversificando sua linha de computadores para atender aos diferentes tipos de consumidores. Uma das mais recentes apostas é o mini PC com foco na reprodução de conteúdos multimídia, máquina voltada principalmente para quem quer ter um sistema operacional completo na sala e aproveitar todas as vantagens de um computador.

O Lenovo ideacentre é como se fosse um media center em tamanho reduzido. Equipado com o Windows 8 e com configurações de hardware moderadas, este pequeno computador é capaz de rodar o Netflix, o YouTube e ainda oferecer outras funcionalidades de um PC comum.

Ele já vem com múltiplas portas USB, conexão HDMI e outras facilidades, mas será que o desempenho é satisfatório? Seria este o computador ideal para a sua sala? Nós testamos o ideacentre em diferentes ambientes e para diversas atividades, sendo que vamos mostrar agora todas as vantagens e desvantagens do produto.

Especificações

Design e conectividade

Ainda que não seja o produto mais luxuoso do enorme acervo da Lenovo, é perceptível que a fabricante não mediu esforços para projetar o visual deste pequeno computador. Combinando elementos de plástico em cores prata e preto, a empresa criou um produto discreto e muito bonito tanto para instalação na sala quanto no escritório.

As bordas foram cuidadosamente trabalhadas para acomodar as portas, o botão de energia (que tem iluminação própria para você identificar o estado de funcionamento do PC) e as saídas de ar, que ajudam a resfriar os componentes internos. Na parte frontal, atrás de uma gavetinha, duas conexões USB 3.0, um leitor de cartões e conexões para fone e microfone expandem a conectividade.

Atrás do Lenovo ideacentre, há uma porta para cabo de rede (apesar de o PC ter placa de rede sem fio), espaço para plugar um cabo HDMI, quatro portas USB 2.0, uma conexão VGA e, por incrível que pareça, até mesmo uma conexão para cabo de áudio óptico (SPDIF). Considerando todas essas opções, podemos dizer que esta máquina é bem versátil.

A tampa em black piano dá o toque de elegância final, garantindo que o aparelho fique perfeitamente acomodado ao lado da sua televisão. É importante ressaltar que a Lenovo envia junto com o aparelho dois acessórios: um suporte para utilização da máquina na vertical e outro para instalação na parte traseira do monitor.

Hardware equilibrado, mas desempenho deixa a desejar

Bom, após instalar o PC pela primeira vez, começa efetivamente nossa experiência de uso. O Lenovo ideacentre vem com o sistema operacional Windows 8, o qual funciona sem dificuldades. Entretanto, a configuração de hardware desta máquina não é potente o suficiente para aguentar muitas tarefas pesadas.

Considerando o modelo que testamos, que vem com processador Intel Celeron, podemos dizer que falta um pouco de poder até mesmo durante a navegação na web. Não foram poucas as vezes em que notamos algumas engasgadas na renderização de conteúdo e até mesmo na reprodução de áudio. Os casos mais gritantes foram quando carregamos páginas com múltiplos vídeos do YouTube.

Felizmente, ao rodar um único vídeo isoladamente no YouTube, no Netflix ou no Crackle, a máquina se comportou muito bem, o que mostra que ela pode desempenhar bem seu papel para uma única tarefa. Para trabalhar com tarefas de escritório, o Lenovo ideacentre não apresenta quaisquer problemas, dando conta de processar textos e rodar apps de música em segundo plano.

Por conta da limitação do processador e do chip gráfico, este PC não roda jogos recentes, mas é claro que ele quebra um galho para quem pretende curtir games no Facebook ou joguinhos mais antigos que não exigem grande poder de processamento.

Compacto, leve e silencioso

Ainda que este computador não tenha sido projetado para transporte diário, nada impede que você o leve para todo canto. O Lenovo ideacentre é leve, fino e compacto. Você pode instalá-lo rapidamente em qualquer canto e começar a utilizá-lo em poucos minutos. É a pedida perfeita para quem quer economizar espaço na mesa e quer levar o computador, vez ou outra, para algum lugar.

O produto já vem com mouse e teclado, mas a falta de um cabo de vídeo é algo a ser considerado antes de adquiri-lo, já que você precisa comprar tal componente com antecedência para poder usar a máquina. Felizmente, a presença de conexões HDMI e VGA é algo que pode facilitar nesse ponto, porque você talvez já tenha um desses cabos guardados.

Ficamos um pouco decepcionados ao ver que a Lenovo enviou mouse e teclado com fios. Ainda que sejam bonitos, em termos de qualidade, o mouse e o teclado não são dos melhores. Os acessórios seriam perfeitos se estivéssemos tratando de um PC dedicado exclusivamente para o uso no escritório. Ocorre, contudo, que este PC também serve para usar na sala, portanto era essencial ter acessórios wireless para poder comandar o sistema à distância.

Para quem pretende usar esse minicomputador na sala, vale ressaltar que ele produz poucos ruídos. Mesmo quando aplicações mais pesadas estão em execução, o barulho da ventoinha não chega a incomodar, principalmente ao executar vídeos, já que o som do conteúdo multimídia se sobrepõe facilmente.

Só para os gringos

Por enquanto, a Lenovo não pretende lançar o ideacentre no Brasil. Assim, se você tem interesse no produto, será necessário adquiri-lo em algum site internacional. O preço deste computador, na versão básica, é de aproximadamente US$ 250, mas o valor sobe consideravelmente se você optar por mais espaço de armazenamento e uma CPU robusta.

Alguns detalhes que podem complicar durante a utilização são o sistema operacional, que só está disponível em inglês, e o teclado, que é do padrão americano. Configurar os acentos também é uma tarefa que precisa ser realizada manualmente para conseguir aproveitar o computador para todas as tarefas.

Vale a pena?

O Lenovo ideacentre Q190 é um computador muito bonito que certamente tem o necessário para colocar o Windows 8 e inúmeros apps na televisão da sua sala. A versão mais simples do Lenovo ideacentre Q190 é funcional e serve perfeitamente para quem necessita do básico em multimídia e tarefas de escritório.

É verdade sim que o desempenho não foi tão bom quanto esperávamos, mas a versão mais robusta certamente deve se sair um bocado melhor. A falta de um teclado e mouse sem fio nos incomodou um pouco, bem como a ausência de um cabo para conexão de vídeo.

De qualquer forma, o produto pode ser uma boa ideia para quem busca discrição e uma máquina simples para trabalhar. O preço do produto é condizente com o dos concorrentes (os modelos semelhantes da Zotac e da ASUS custam geralmente 30 dólares a mais). Uma pena que a Lenovo ainda não tenha lançado o produto no Brasil, o que dificulta um bocado a aquisição deste ideacentre.

Cupons de desconto TecMundo: