O diretor geral da chinesa Guangzhou OED Technologies, Chen Yu, anunciou que a empresa desenvolveu uma nova tecnologia de e-paper baseada em grafeno, um material que permite telas mais flexíveis e brilhantes.

O grafeno é o material conhecido mais forte e mais leve do mundo. Com apenas 0,335 nanometros de espessura pode conduzir calor e eletricidade. Ele pode ser usado para criar displays de grafeno rígidos ou flexíveis para aplicação em produtos como e-readers e dispositivos vestíveis inteligentes.

O segredo é a tecnologia Zero Ink, que utiliza um papel especial que contém corantes nas cores ciano, magenta e amarelo na forma de cristais sob um revestimento protetor. Quando o usuário deseja imprimir uma foto, esses cristais são liberados para colorir a imagem.

Material grafeno

Comparados com os e-papers tradicionais que utilizam o índio, metal raro e caro, o grafeno é derivado do carbono, o que significa que os custos de produção serão bem menores.

O objetivo da Guangzhou é criar uma nova geração de leitores eletrônicos, “kindles” que podem ser lidos sem problemas em dias extremamente ensolarados, abrangendo tanto leitores de livros tradicionais como rastreadores ou qualquer tipo de tela exterior com conteúdo dinâmico.

O papel eletrônico e flexível vai acabar com o papel normal? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: