O que você faz depois de montar um Porsche GT3 RS da série Technic da LEGO com mais de 2,7 mil peças e que custa aproximadamente R$ 2 mil? Se você tiver um resquício da sua sanidade mental preservada, provavelmente vai colocá-lo em algum lugar bacana como uma peça de decoração. No caso dos caras da ADAC, um clube automotivo da Alemanha, não é bem assim: eles preferem fazer um teste de colisão completo.

O crash test foi feito em parceria com a revista Computer Technic em uma pista preparada especialmente para um carro das proporções do pequeno Porsche, no ADAC Technikzentrum. O modelo foi projetado a uma velocidade de aproximadamente 45 km/h – o que é nada mal para um veículo feito de LEGO! – direto em uma barreira.

O resultado já era de se esperar: um espetáculo de pecinhas voando para tudo quanto é lado, e tudo acompanhado por uma trilha sonora sensacional:

“O resultado foi impressionante e, diferentemente do esperado, o chassi do carro não teve problema com a velocidade e foram pouquíssimas as peças que sofreram danos no impacto. A maior parte foi nas conexões entre os componentes”, explicou um dos envolvidos com o teste.

Ainda assim, faz a gente agradecer que os carros de verdade não sejam feitos de LEGO:

Ou não, já que remontar tudo isso é bem mais fácil do que reconstruir um veículo real. Vai saber.

Cupons de desconto TecMundo: