Além de fazer parte da infância de muita gente, os brinquedinhos de montar da LEGO têm se tornado um verdadeiro fenômeno da cultura pop. Esses produtos serviram de inspiração para a criação de Minecraft, estrelaram um filme que tira sarro de uma infinidade de franquias de entretenimento e deram origem a dezenas de games divertidos e cheios de conteúdo – indo de versões LEGO de Batman até reproduções bem-humoradas de “O Senhor dos Anéis”. Agora, pelas mãos de um brasileiro, os itens ganharam a sua própria exposição fotográfica.

Lançado oficialmente no último dia 11 de novembro, o Let it Go Project 2.0 é, como o próprio nome diz, a segunda versão de um projeto pessoal tocado há um bom tempo pelo designer gráfico Israel Boschetti, de 31 anos. Natural de Florianópolis (SC), o catarinense já apareceu anteriormente aqui no TecMundo graças a outra brincadeira com a temática LEGO: uma série na qual ele imagina como seria se os bonecos da empresa pudessem utilizar o Instagram para postar suas selfies nas redes sociais.

Um crossover interessante, hein?

Nessa nova sessão de fotos, o artista parece ter levado a brincadeira a um novo patamar, trazendo um pacote de cenas visualmente épicas estrelando super-heróis, magos, hobbits, justiceiros e combatentes espaciais – entre outros personagens bastante conhecidos do público. Ah, mas não pense que é fácil deixar tudo nos trinques e com o nível de detalhe e profissionalismo das imagens que você pode conferir na galeria mais abaixo: a empreitada exige dedicação e um bom tempo para ser completada.

O tempo de pós-produção? Cerca de uma hora em cada foto

“Passo um mês pesquisando cenários, estilos de fotos e planejando. Depois, vou atrás dos itens para os cenários e monto tudo”, explica Israel, que, nessa última sessão, comprou iscas brilhantes de peixe na China para compor as cenas e produziu seis cenários, rendendo cerca de 400 fotos antes da seleção final. “Esse trabalho todo dura uns três meses, já que só posso trabalhar nele à noite”, revela, comentando ainda que alguns cliques são mais rápidos e outros mais complicados. O tempo de pós-produção? Cerca de uma hora em cada foto.

Brincadeira de infância e na vida adulta

Em entrevista ao TecMundo, o designer catarinense confessou que gosta de LEGO desde criança: “Quando eu era pequeno, sempre brincava com LEGOs, mas eles não eram meus, e sim dos meus amigos. Aí quando virei adulto, acabei dando um jeito de reunir tudo: a falta que LEGOs fizeram na infância e o meu trabalho (risos)”.

A ideia de transformar os bonequinhos em modelos para seus projetos fotográficos, no entanto, acabou vindo de uma brincadeira feita há uns bons anos na internet. “Comecei a fotografar um chaveiro em forma de boneco e ele acabou se tornando uma espécie de alter ego: em vez de eu postar uma foto minha em alguma rede social, eu acabava postando uma do boneco fazendo o que eu estava fazendo”, conta Israel.

Questionado sobre o seu método de desenvolvimento criativo do projeto e de onde ele tira as ideias para os ensaios, o artista explica que o segredo é não ter um padrão – sim, as coisas vão acontecendo meio ao acaso. “Sempre que vejo algum set de LEGO que gosto, vou comprando e guardando. Quando tenho um número legal de personagens, começo pesquisar ideias sobre cada um deles e também imagino situações para eles. Como sou geek e acompanho bastante este universo, a brincadeira fica fácil”, analisa.

Como é possível conferir na galeria de bastidores acima, uma bancada espaçosa, luminárias, tripés, caixas de areia e dezenas de adereços fazem parte do pequeno estúdio de Israel – dando uma prévia do trabalho envolvido na produção de cada imagem. Claro que todo esse material de apoio não serviria para nada sem uma boa máquina para registrar tudo, não é? Assim, para fazer os cliques, o designer utiliza um kit formado pela DSLR de entrada Canon T3i e pela lente Canon EF50mm F/2.5 Compact-Macro.

Infelizmente, parece que a empresa dinamarquesa ainda não notou o brasileiro

Será que com esse conteúdo premium em mãos o rapaz já chamou atenção da dona dos brinquedinhos? Infelizmente, parece que a empresa dinamarquesa ainda não notou o brasileiro. “Já fiz quatro exposições sobre este projeto, sendo três em Florianópolis e uma em São Paulo, mas LEGO nunca se manifestou sobre nenhum dos projetos”, comenta Israel. Se, diferentemente da fabricante, você ficou interessado no trabalho dele, dá para acompanhar novas postagens do Let it Go Project em seu perfil oficial no Instagram (@letitgoproject).

Cupons de desconto TecMundo: