Nova tela de LCD não causa tanta fadiga aos olhos após horas de exibição. (Fonte da imagem: Reprodução/SEL)

Você provavelmente já deve ter sentido seus olhos cansados, até um pouco irritados, e quem sabe alguma dor de cabeça após passar horas em frente ao computador, à televisão ou mexendo em um tablet. Isso é o que se chama de tensão ou fadiga ocular, popularmente conhecido ainda como “vista cansada”.

Para minimizar esse tipo de problema, a companhia japonesa Semiconductor Energy Laboratory (SEL) desenvolveu um painel de cristal líquido (LCD) de 6,05 polegadas que é capaz de reduzir a tensão ocular de uma pessoa que passa horas olhando para a tela. O equipamento foi apresentado na FPD International 2012, que ocorreu na última semana em Tóquio, Japão.

A grande diferença está na substituição do atual silício amorfo presente no transístor de película fina (TFT) das telas LCD por um semicondutor de óxido que conta com uma estrutura chamada de CAAC, sigla em inglês para cristal alinhado ao eixo C. Nela, uma camada de IGZO (óxido de zinco, gálio e índio) se desenvolve no eixo C.

Toda essa composição permite a redução da taxa de atualização de tela para exibir uma imagem estática, que cai de 60 vezes por segundo para apenas uma por segundo, ou menos. “Porque a mesma imagem pode ser vista pela maior quantidade de tempo possível, como um objeto natural ou um papel, é possível reduzir a fadiga ocular”, afirma o laboratório.

Retroiluminação inteligente

A iluminação da tela também colabora para evitar o desgaste ocular de quem assiste a ela. O display vem equipado com LEDs azuis, vermelhos e verdes, sendo que o azul não emite luz com comprimento de onda menor do que 420 nanômetros, o que poderia ser perigoso ao olho humano.

Ainda não há qualquer previsão para produção industrial tampouco para comercialização de produtos com esse tipo de tela.

Cupons de desconto TecMundo: