Boa parte das pessoas já teve vontade de fazer uma tatuagem, mas, como essas “pinturas” na pele são bastante permanentes, nem todo mundo tem coragem de prosseguir com a ideia. Vai que a pessoa enjoe da imagem desenhada? Vai que o tatuador não consiga deixar exatamente como a pessoa queria? Nesses casos, dá para remover o desenho a laser, e o procedimento é muito curioso.

O canal do YouTube “Smarter Every Day” foi conferir como isso acontece e explicou exatamente como o laser consegue limpar a tatuagem. Basicamente, o feixe de luz infravermelha destrói as moléculas de pigmento que estão na pele da pessoa tatuada e, com o tempo, os glóbulos brancos do sangue terminam o trabalho, carregando o que sobrou dessas moléculas para o fígado. Depois disso, a tinta é expelida pelo corpo.

Como você conferiu no vídeo, a remoção da tatuagem por laser parece bem rápida, mas envolve várias condições químicas, físicas e biológicas. As partículas de pigmento da tatuagem são muito grandes para os glóbulos brancos as carregarem e o laser tem o papel de dividi-las em vários pedaços bem pequenos via aquecimento rápido. Em seguida, essas células do seu corpo, que sempre tentaram acabar com essa tatuagem, de repente, conseguem lidar com a “ameaça” que estava por ali.

Em algumas semanas, a tatuagem deve estar completamente removida com a ajuda do laser e dos glóbulos brancos. O problema é que esse procedimento não pode ser realizado muitas vezes, já que danifica a pele um pouco.

Portanto, se você criou coragem para fazer uma tatuagem ousada só por saber da existência desse tipo de remoção aparentemente simples, é melhor pensar duas vezes. Para todos os efeitos, tatuagens são definitivas e, pensando dessa forma, é bem possível que você só escolha desenhos que realmente goste.

Cupons de desconto TecMundo: