O Evo, da Wicked Lasers, acaba de virar uma arma ainda mais perigosa. Além de ser capaz de incendiar folhas de papel e notas de dólar (sem contar o dano que ele pode causar se apontado para os olhos de alguém), o laser agora pode ser controlado via smartphone Android ou iOS.

Com um design que lembra um sabre de luz da saga Star Wars, o modelo "normal" custa US$ 200 no site da fabricante e tem apenas um botão para ligar e desligar. Mas o acessório sem fio Smartport (US$ 40) faz com que o laser ganhe suporte remoto. Ele pode ser simplesmente ativado ou ter visual e potência modificados pelo aplicativo.

Para quem é ainda mais fanático pelo assunto, como o Evo é um produto de código aberto, é possível ainda comprar um cabo opcional (US$ 30) para acessar e modificar o firmware do laser, reprogramando o acessório de diversas maneiras.

Cupons de desconto TecMundo: