(Fonte da imagem: Divulgação/Firefly LED Light)

A Firefly, uma empresa especializada em soluções de iluminação, anunciou a invenção de uma lâmpada capaz de durar até 40 anos. Funcionando por meio de um LED, a novidade também é capaz de reduzir em até 90% o consumo de energia elétrica e foi criada para reduzir os custos para residências e grandes prédios de escritórios.

A criação possui um sistema de dissipação de calor, que reduz a temperatura interna da lâmpada em até 32% e garante uma maior vida útil, que pode ser prolongada por até quatro décadas. O LED também possui um sistema que o permite funcionar com apenas 5% de sua capacidade energética, consumindo o mínimo de energia possível e minimizando os valores na conta de luz.

A invenção da Firefly também pretende reduzir o descarte de lâmpadas, já que, em caso de queima, basta trocar o LED do equipamento, sem necessidade de compra de um novo dispositivo. Ainda não disponível no mercado, a criação deve ser lançada no ano que vem por US$ 35 (cerca de R$ 70). A empresa garante que o valor mais alto é compensado a longo prazo por meio da redução na conta de luz e da sua durabilidade.

Substituição

A Samsung já possui uma lâmpada parecida, que funciona de forma semelhante ao sistema da Firefly. A ideia é que, no futuro, as lâmpadas convencionais sejam substituídas definitivamente, em busca de meios mais ecológicos e baratos de iluminação.

Fontes: Firefly, Exame