As chances de você ter usado um celular Nokia durante os anos 2000 são bem grandes. Esses featurephones, apesar de oferecerem praticamente o básico que um celular deve fazer, são lembrados até hoje por uma capacidade que ainda não foi reproduzida nem por tops de linha: a "indestrutibilidade". Deixando a brincadeira de lado, os aparelhos Nokia realmente eram muito resistentes, e a maioria das companhias ainda buscam tal capacidade.

Uma delas é a Kyocera, que acabou de apresentou o modelo DuraForce Pro, voltado para pessoas "aventureiras" — ou simplesmente aquelas que deixam o smartphone cair no chão diariamente.
Com um corpo parrudo e cheio de borracha (certificação IP6X), o DuraForce tem uma tela de 5" e aguenta porrada de todos os tipos: batida, queda, vibração, poeira, temperaturas extremas e água (dois metros submerso até 30 minutos).

A Kyocera também colocou uma câmera frontal de 5 MP e uma traseira de 13 MP que grava vídeos em Full HD com campo de visão em 135°, como uma câmera de ação "Super Wide View".

Para processar tudo isso, um Qualcomm Snapdragon 617, 2 GB de RAM, 32 GB de armazenamento interno, sistema Android 6.0 Marshmallow, bateria de 3.240 mAh, porta USB 2.0 e um preço de US$ 418 (R$ 1,3 mil, em conversão direta) quando atrelado em operadora. Infelizmente, brasileiros não vão colocar a mão no aparelho — a não ser que importem o DuraForce Pro.

Abaixo, você acompanha as especificações técnicas completas do smartphone.

DuraForce Pro

Kyocera DuraForce Pro

  • Tela: 5" Full HD 1080p
  • Processador: Qualcomm Snapdragon 617
  • RAM: 2 GB
  • Armazenamento: 32 GB
  • Câmera frontal: 5 MP
  • Câmera traseira: 13 MP Super Wide View
  • Bateria: 3.240 mAh
  • Sistema operacional: Android 6.0 Marshmallow

Cupons de desconto TecMundo: