Reuters - A Eastman Kodak substituiu o vice-presidente de reestruturação na segunda-feira, em uma decisão surpreendente dias depois de ter pedido proteção contra falência. James Mesterharm, que trabalha para a consultoria AlixPartners e foi vice-presidente de reestruturação para a Parmalat nos Estados Unidos, substituirá Dominic DiNapoli, que é da FTI Consulting e tinha sido escolhido na semana passada.

A Kodak afirmou que não houve "desacordo ou diferença de opinião" com DiNapoli, mas não deu mais informações sobre a substituição. A FTI trabalhará com a AlixPartners em alguns assuntos durante a concordata, disse a Kodak. "Essa é uma medida muito incomum", declarou Ted Gavin, da NHB Advisors, que presta consultoria em reestruturação.

Um porta-voz da Kodak afirmou que a companhia não tinha conhecimento de nenhum conflito de interesse envolvendo DiNapoli. A Kodak, ícone da fotografia que inventou a câmera de mão, pediu proteção contra falência na quinta-feira, culminando um longo processo de crise vivido por uma das companhias norte-americanas mais bem conhecidas.

O pedido de concordata tornou a Kodak uma das maiores vítimas corporativas da era digital, depois que a empresa não acompanhou tecnologias modernas como a câmera digital, um produto que ela mesma inventou.

Cupons de desconto TecMundo: