Em entrevista para a revista Edge, Phil Spencer, chefe de Xbox na Microsoft, afirmou categoricamente que o periférico Kinect não foi abandonado, apesar de haver poucas novidades sobre o acessório de câmera nos últimos tempos.

"Acabamos de desenvolver o Upload Studio 2.0, que tem uma funcionalidade de tela verde que você pode fazer com o Kinect", afirmou o executivo, se referindo à opção que adiciona um fundo atrás de quem está sendo filmado no aplicativo de edição de vídeo do Xbox One.

Spencer diz que o preço é muito importante para o console e por isso lançou uma versão sem o acessório. A edição sem o Kinect custa a partir de US$ 350 nos Estados Unidos, enquanto o "bundle" completo sai por US$ 500. No período entre novembro e dezembro nos EUA e Reino Unido, o video game teve ótimas vendas, segundo ele.

Também é uma questão de escolha. "Se você quer comprar o console com o Kinect, ainda está disponível. E se você quer só o video game, seja porque vai comprar o Kinect depois ou porque o acessório não lhe interessa, nós também damos essa opção", explica.

O executivo diz que existem gêneros de jogo em que o Kinect funciona muito bem, mas não será ostensivamente usado em franquias como Call of Duty ou Halo. "Há muito entusiasmo e ainda temos anúncios sobre o que as pessoas estão fazendo com ele", afirma. Bom, provavelmente veremos mais novidades durante a E3 deste ano.

A conferência da Microsoft acontece em 15 de junho, às 17h no horário de Brasília. Não deixe de conferir com a gente.

Via BJ

Cupons de desconto TecMundo: