(Fonte da imagem: Reprodução/CNET)

Além de servir como uma forma diferente de interagir com jogos eletrônicos, em breve o Kinect pode atuar também como uma maneira de moldar a programação da sua televisão. O plano da companhia é mudar a forma como interagimos com comerciais através da tecnologia NUads (Natural User-interface Ads, ou propagandas de interface de uso natural).

O objetivo é impedir que as pessoas pulem intervalos comerciais ou saiam da frente da televisão durante esse período. Para isso, o sensor de movimentos seria usado como uma forma de aumentar a interação com os conteúdos mostrados na tela — você não iria simplesmente assistir alguém demonstrando um produto, também podendo determinar a forma como isso seria feito.

“Durante o Super Bowl, você está assistindo TV e uma grande propaganda aparece”, afirmou o gerente da Microsoft Lyn Watts, durante uma apresentação na conferência PII. “Você diz algo como ‘Xbox, compartilhe’, o que faz com que o conteúdo seja compartilhado automaticamente no Facebook ou no Twitter. Os anunciantes estão impressionados”, complementou.

Problemas de privacidade

Um dos problemas resultantes do novo sistema está relacionado à privacidade de quem possui o Kinect em casa. Além de captar gestos, o dispositivo também conta com microfones e câmeras capazes de gravar conteúdo e enviá-lo diretamente aos anunciantes.

“Quantas pessoas estão na sala? Eles estão tendo alguma reação ao comercial que acabaram de ver?”, perguntou Watts. “Podemos vigiar as reações dos consumidores, e se podemos, temos a capacidade de mostrá-los um anúncio diferente, ou repetir a propaganda anterior, dependendo de sua reação?”.

Lyn Watts (Fonte da imagem: Reprodução/CNET)

Segundo o funcionário da Microsoft, a solução para isso é criar um contrato que deixe claro para os consumidores quais os dados podem ser coletados e a maneira como eles vão ser utilizados. Dessa forma, quem não concordasse com as regras não teria que se preocupar em ter sua privacidade invadida pelo novo sistema de publicidade.

Um representante da empresa afirmou ao CNET que o Kinect em nenhum momento armazena as informações que coleta, e que a empresa dispõe de um sistema de proteção robusto para evitar que qualquer espécie de violação do tipo aconteça no futuro.

Fonte: CNET

Cupons de desconto TecMundo: