Amazon não introduziu uma atualização de hardware para o Kindle Paperwhite neste ano, mas a empresa confirmou ao site TechCrunch que aumentou o armazenamento no dispositivo, passando de 2 GB para 4 GB (dos quais uma parte é dedicada ao software do sistema).

A novidade ocorreu em julho. Assim, os usuários que compraram o gadget há cerca de um mês — já podem armazenar cerca de duas vezes o número de livros digitais em seus aparelhos.

A atualização foi originalmente descoberta pelo blog The Digital Reader, que recebeu a notícia como um indicador de que a Amazon não está planejando lançar um Kindle com hardware atualizado neste ano.

Em números reais

A nova versão do Kindle de 4 GB de armazenamento interno oferece 3,1 GB disponível para ao usuário, já que o restante é usado pelo próprio aparelho. Isso significa que são cerca de 2,5 vezes mais espaço em comparação ao modelo anterior.

A duplicação de armazenamento não vai significar muito para a maioria dos usuários do Kindle. Por exemplo, os eBooks não ocupam muito espaço, e mesmo a versão de 2 GB já podia armazenar mais de mil livros. A estimativa sobre quantos livros as pessoas leem na vida variam muito, e mesmo para leitores habituais a capacidade de armazenar milou 2 mil livros é algo impressionante.

Cupons de desconto TecMundo: