Observando que os fãs rapidamente desvendaram suas dicas ocultas no vídeo em que perguntava sobre o Need for Speed favorito do público, a EA não somente confirmou que vai revelar o futuro da série nesta quinta-feira (21) como acabou revelando mais detalhes sobre o jogo. No perfil da série no Facebook, a empresa divulgou uma imagem escurecida informando que os fãs devem se inscrever em canal no YouTube para saber mais sobre a novidade.

As coisas começam a ficar realmente interessantes ao usarmos um programa de edição para aumentar o brilho da imagem, o que nos permite ver dois carros visivelmente tunados em meio a uma corrida noturna em um ambiente urbano e o que parece ser a sirene de uma viatura atrás deles. Embora esses detalhes pareçam indicar uma mistura de conceitos presentes em títulos como Underground, Carbon e Most Wanted, as coisas não param por aí.

Em uma postagem do NeoGAF, um dos usuários revelou informações encontradas no perfil do LinkedIn de uma profissional da dublagem em jogos, DB Cooper. Segundo a descrição das experiências da dubladora, ela afirma ter atuado na escolha do elenco responsável pelas vozes de um jogos identificado como Need for Speed Underground e, como esse serviço teria acontecido após 2007, seria impossível que fosse em um dos títulos já lançados da série.

Respondendo aos usuários do NeoGAF, um perfil nomeado Ghost_Ben – que diz trabalhar para a Ghost Games, estúdio que está trabalhando no jogo – não se pronunciou a respeito das suspeitas de que o jogo se trate de uma sequência ou reboot de NFS Underground, mas também não negou essas afirmações. Além disso, neste domingo (17) a EA postou um vídeo de Underground 2 em seu perfil do Facebook, fortalecendo os boatos.

We've gone old school this weekend, hands up if you've been playing this recently?

Posted by Need for Speed on Domingo, 17 de maio de 2015

Foco no online

Enquanto o anúncio oficial do novo título da série não chega, algumas informações sobre o game podem ser extraídas de anúncios de oportunidades de trabalho feitas pela desenvolvedora. A Ghost Games publicou recentemente em seu site duas vagas de emprego diretamente relacionadas ao jogo, sendo uma para a posição de Engenheiro-Chefe Online e a outra para a de Engenheiro de Interface de Uso.

Segundo a descrição da primeira oportunidade, o escolhido terá que por liderar o time “responsável por criar recursos que serão o tecido conectivo do nosso jogo”, o que indica que os elementos online terão um papel significativo na jogabilidade do título. Além disso, a vaga tem como requisito “grandes conhecimentos” dos requerimentos dos sistemas online da Microsoft e da Sony, apontando que o título virá para o PlayStation 4 e o Xbox One.

Já na função de Engenheiro de Interface de Uso – cujo anúncio já foi retirado do ar e só pode ser visto pelo cache do Google –, o novo funcionário trabalhará diretamente no processo de criação do novo Need for Speed. Um detalhe interessante da vaga é o requisito de experiência com modelos de cross-play, incluindo desenvolvimento e integração entre console, web, mobile e redes sociais.

Fantasmas do passado

As revelações a respeito do jogo vêm para confirmar muitos boatos que já circulavam pela internet desde novembro do ano passado, quando um suposto funcionário demitido pela Ghost resolveu vazar informações sobre o próximo Need for Speed. Na ocasião, o informante teria confirmado que o novo título se trataria de um reboot da franquia Underground, incluindo elementos que modernizassem o jogo.

Segundo o ex-funcionário, já existem planos para o trailer de anúncio do game, que mostraria um Nissan GTR sendo gradualmente customizado de uma forma similar ao que acontece na abertura do primeiro Need for Speed Underground. A fonte cita até mesmo o música que teria sido escolhida, “Express Yourself”, interpretada por Diplo e Nicky Da B – mas é possível que isso tenha mudado desde então.

Com relação aos automóveis, o responsável pelo vazamento afirmou que a EA busca voltar às origens da série Underground e incluir o máximo de “carros importados” possível, muitos deles europeus. Para isso, no entanto, os veículos americanos e Muscle cars seriam deixados de lado, sendo o único modelo confirmado o Ford Mustang Boss 2014.

A customização dos carros, por sua vez, seria resumida na escolha de body kits, para-choques, spoilers, aros e spinners, além de vinis e pinturas detalhados. Somando-se a isso, a desenvolvedora estaria planejando incluir partes voltadas para os rachas e as disputas de drift, permitindo que o jogador personalize seu veículo para cada tipo de corrida. Usando recursos online, outras pessoas poderiam dar pontos de estilo que aumentam o valor do automóvel.

Outras plataformas

Falando das plataformas para as quais o título sairia, o ex-funcionário da Ghost Games ressaltou que o jogo iria para o Xbox One e para o PlayStation 4, mas disse que o Wii U está fora de cogitação. Entretanto, a EA também estaria preparando uma versão do título para iOS – o que confirmaria os recursos de cross-play que citamos mais acima –, que posteriormente seria portada para o Nintendo 3DS.

Embora ainda não seja possível afirmar com certeza absoluta que essas informações são totalmente corretas, os boatos mais antigos parecem estar sendo gradualmente confirmados pelas novidades. Resta agora aguardarmos para que a EA revele seus planos para o novo Need for Speed, o que está marcado para acontecer nesta quinta-feira (21).

Via: Baixaki Jogos

Cupons de desconto TecMundo: