De acordo com uma pesquisa da Newzoo, o mercado global de games vai movimentar US$ 91,5 bilhões (R$ 276 bilhões) em 2015. Se confirmado, isso resultará em um crescimento de 9% em relação ao ano de 2014. Nesse ritmo, o tamanho de mercado vai chegar a US$ 107 bilhões (R$ 323 bilhões) em 2017.

Pelas projeções da companhia, em 2015 a China será o maior mercado de games do mundo, com movimentação de US$ 22,2 bilhões (R$ 67 bilhões), passando os Estados Unidos, onde devem circular US$ 22 bilhões (R$ 66,4 bilhões) no setor de jogos eletrônicos.

Assim, a região da Ásia e Pacífico deterá 47% da arrecadação, seguida pela América do Norte, com 26%. A América Latina responderá por apenas 4% do total (US$ 4 bilhões ou R$ 12 bilhões), mas é a região que mais deve crescer de um ano para outro: 18%. A Europa, Oriente Médio e África devem movimentar US$ 20,5 bilhões (R$ 61,8 bilhões), com crescimento previsto de 5%.

Jogos de computador dominam

Na classificação por tipo de tela, os computadores saem na frente, com uma fatia de US$ 33,7 bilhões (R$ 102 bilhões), sendo que US$ 27,1 bilhões (R$ 81,8 bilhões) são referentes a jogos tradicionais e MMO e US$ 6,6 bilhões (R$ 19,9 bilhões) a games casuais de web. O segundo maior share é o dos consoles, que respondem por US$ 25,1 bilhões (R$ 75,7 bilhões).

As chamadas telas flutuantes vão contribuir com US$ 12,1 bilhões (R$ 36,5 bilhões). Essa categoria inclui os portáteis, que devem sofrer uma queda anual de 16%, e os tablets, que crescerão, segundo as projeções, 27%. Por fim, as telas pessoais (celulares e relógios inteligentes) ficam com um share de US$ 20,6 bilhões (R$ 62,1 bilhões).

Cupons de desconto TecMundo: