As autoridades de Dubai estão se preparando para adquirir um novo equipamento extravagante para servir a população. Depois usar Bugattis e Aston Martins como viaturas de polícia, a cidade terá uma frota de 20 jetpacks para que bombeiros possam resgatar pessoas em perigo de prédios altos.

Pelo que dizem as autoridades, os socorristas já enfrentaram vários momentos de dificuldade para atender emergências em alguns dos inúmeros arranha-céus da cidade por conta do tempo que leva para subir até os últimos andares quando os elevadores ficam inativos por alguma razão. Sendo assim, poder acessar os prédios pelo lado de fora parece uma boa ideia.

Os jetpacks escolhidos são fabricados pela empresa neozelandesa Martin Aircraft Company e cada um deles deve custar pelo menos US$ 150 mil quando estiverem prontos. A cidade ainda vai adquirir dois simuladores virtuais para treinar os pilotos, que poderão inclusive levar consigo vários jetpacks autônomos para resgatar pessoas em perigo.

O aparelho ainda será personalizado para os bombeiros de Dubai e provavelmente se tornará mais eficiente até que sejam entregues. Atualmente, ele tem autonomia de apenas 30 minutos de voo.

Esses jetpacks que Dubai comprará são bem diferentes do que vemos nos vídeos do “Jetpack man”, que usa uma turbina. Os aparelhos da Martin Aircraft funcionam com dois motores V4 com hélices na horizontal. Com isso, é possível voar a até 74 km/h e a uma altura de até mil metros.