O empresário australiano David Mayman fez fortuna através de investimentos bem-sucedidos nas áreas de tecnologia e mineração, mas desde criança sempre sonhou em voar. Por isso, tem licença para pilotar helicópteros e aeronaves de asa fixa, mas isso ainda não era o suficiente para ele.

Mayman formou uma parceria com o inventor Nelson Tyler, famoso por criar suportes para câmeras utilizadas em cenas de ação de filmes hollywoodianos, além de diversos aparatos utilizados pelas forças armadas americanas e até mesmo pela NASA. Durante os últimos dez anos, a dupla tomou para si o desafio de construir o primeiro aparato individual de voo que fosse leve e manobrável o suficiente para levar as pessoas ao céu.

Eles finalmente realizaram esse sonho na última terça-feira (3), quando o australiano decolou de uma balsa no rio Hudson e voou a algumas dezenas de metros da famosa Estátua da Liberdade, em Nova York. Os dois criaram a empresa JetPack Aviation para promover e atrair investimentos para tornar os jatos domésticos individuais uma realidade, e o voo foi uma prova de que estão no caminho certo. O aparato já foi aprovado pela Administração Federal de Aviação e pela Guarda Costeira americana.

Nomeado JB-9, o dispositivo nunca havia sido revelado ao público até então e é pequeno o suficiente para caber no banco de trás de um carro, segundo os seus inventores. Para chegar ao seu formato atual, no entanto, foram necessárias milhares de horas de desenvolvimento e milhões de dólares em investimentos durante a última década. Desde 2007, todo o esforço dos dois tem sido documentado por uma equipe de filmagem vencedora do Emmy, e o material deve virar um documentário em breve.

Você acha que os jetpacks um dia substituirão os carros como meio de transporte das pessoas no cotidiano? Comente no Fórum do TecMundo