Um norte-americano chamado Ronald Jackson quase foi condenado por roubo nos EUA. Ele confiscou o celular de sua filha, um iPhone 4s, depois de notar que ela estava mandando mensagens mal-educadas para outras pessoas, basicamente falando mal de outra mulher. Os pais da garota são divorciados e, quando ela chegou à casa da mãe sem o celular, resolveu denunciar o pai por roubo.

O iPhone foi dado de presente à garota pela sua mãe já depois da separação.

A polícia foi enviada à casa de Jackson, que se recusou a devolver o celular. Como a situação foi se prolongando, o caso chegou aos tribunais, onde um juiz se recusou a levar as acusações adiante. Segundo a rede de TV CBS, a declaração oficial dizia que não havia provas suficientes para condenar Jackson.

No fim das contas, não ficou claro se o homem devolveu ou não o telefone da filha, mas o problema já tem cerca de um ano. Na reportagem em vídeo que você assiste acima, ele chega a mostrar o dispositivo confiscado.

Você já teve o smartphone roubado? Vale a pena ter seguro e bloquear o IMEI? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: