iPhone no Brasil sempre foi sinônimo de preço alto. Pagar até R$ 3,6 mil pela versão mais completa do produto, conforme os valores anunciados pela Apple nesta semana, certamente é uma possibilidade que não cabe no bolso da maioria dos consumidores. Entretanto, infelizmente, essa é uma característica só do nosso país.

Na tabela acima você confere os valores de lançamento, nos Estados Unidos e no Brasil, de cada um dos modelos do iPhone. Tomando como base aversão de 16 GB, por exemplo, é possível perceber que nos Estados Unidos o preço do aparelho se manteve praticamente igual ao longo dos últimos anos, tendo seu preço reduzido em US$ 50.

Por outro lado, no Brasil, o aparelho quer inicialmente custava R$ 2,2 mil – e chegou a ter o seu preço reduzido para R$ 1,9 mil – disparou e chegou aos R$ 2,8 mil, na versão de 16 GB. Mesmo a alta do dólar, que na época do iPhone 3G valia R$ 1,60 e hoje custa R$ 2,27, não é suficiente para explicar qual é a razão de o iPhone brasileiro ser o mais caro do mundo.

Cupons de desconto TecMundo: