(Fonte da imagem: Divulgação/Apple)

Ao contrário do que aconteceu na transição para o iPhone 5, o próximo modelo do aparelho não deve ver um aumento em suas dimensões. É o que garante Tim Cook, CEO da Apple, que afirmou que a decisão implicaria mudanças em quesitos como resolução, balanço de branco, qualidade e a compatibilidade com aplicativos.

Segundo Cook, enquanto esses tópicos continuarem se apresentando problemáticos, não haverá mudanças no display do aparelho. Afirmação que deixa uma brecha bastante grande para que a companhia anuncie um dispositivo maior em um momento futuro, quando forem encontradas soluções para esses problemas.

Vale lembrar que a Apple é conhecida por negar rumores com bastante ênfase, mesmo quando há indícios fortes de que ela já tomou determinadas decisões. Exemplo disso é o próprio iPhone 5, com sua tela alongada, e o lançamento do iPad Mini, versão reduzida do famoso tablet que durante algum tempo foi alvo de especulações.

Cupons de desconto TecMundo: