Entre os participantes do evento que marcou a revelação doiPhone 6s e do iPhone 6s Plus estava Marques Brownlee, famoso por suas análises relacionadas ao mundo da tecnologia. Enquanto várias pessoas se focaram em falar sobre os avanços dos produtos como um todo, ele concentrou sua atenção em tentar analisar as novas câmeras dos smartphones.

Durante um breve vídeo publicado em seu canal do YouTube, ele fala sobre a capacidade dos aparelhos de gravar conteúdos na resolução 4K — uma grande novidade para os dispositivos Apple. No caso, a intenção foi tentar fazer um pequeno cálculo que tentasse descobrir quantos minutos seria possível armazenar caso essa qualidade fosse usada para capturar vídeos na versão do aparelho com 16 GB de armazenamento.

Segundo Brownlee, cada minuto em 4K a 30 quadros por segundo ocupa 375 MB na memória do dispositivo, mais que o dobro da mesma cena capturada em 1080p. Fazendo a matemática, isso significa que é possível gravar pouco mais de 30 minutos de cenas na qualidade superior dentro do modelo com menor capacidade de armazenamento — levando em consideração que ele tem 13 GB não ocupados pelo sistema.

Ou seja, quem preferir investir na versão com menor capacidade do novo iPhone provavelmente vai ter certos problemas lidando com a gravação de vídeo em 4K. A não ser que o consumidor esteja preparado para transpor suas criações frequentemente para um computador, não é uma boa ideia tentar registrar imagens com essa resolução em um smartphone de 16 GB em que há muitos aplicativos instalados.

Cupons de desconto TecMundo: