No início deste mês, informações oriundas das fábricas ligadas à Apple mostravam que os iPhones 6 Plus estavam sendo mais requisitados do que o modelo menor. Agora, relatórios de uma empresa chamada Localytics mostram que aquelas informações não refletem a realidade do mercado. Segundo a analista de marketing mobile, existem muito mais unidades do iPhone 6 do que do iPhone 6 Plus no mercado.

Para sermos mais exatos, as informações são de que para cada iPhone 6 Plus vendido, o “irmão menor” atingiu a marca de seis aparelhos. Isso mostra que os aparelhos de menores dimensões estão agradando mais aos consumidores, que mostram ainda não estarem prontos para saltos tão grandes no crescimento de seus dispositivos — lembrando que o iPhone 6 Plus possui tela de 5,5 polegadas.

Apesar dessa menor adesão, é válido dizer que o iPhone 6 Plus está conseguindo melhor engajamento por parte dos consumidores. Segundo o mesmo instituto Localytics, os usuários do aparelho maior gastam cerca de 13% mais tempo utilizando seus aplicativos, além de executarem softwares com 11% mais frequência. Será que o phablet ainda vai reverter esse mercado?

Cupons de desconto TecMundo: