Um ciclista de 36 anos da cidade de Sidnei, Austrália, foi vítima de um defeito de seu iPhone 6 e acabou sofrendo queimaduras de terceiro grau em sua perna após o dispositivo simplesmente explodir. Até aí seria apenas um caso já comum, não fosse o fato de que a explosão ocorreu após seu dono sofrer apenas uma pequena queda enquanto andava de bicicleta.

O bizarro caso foi relatado pela própria vítima, um homem chamado Gareth Clear, através de seu perfil no Twitter, em uma tentativa de conscientizar o público dos perigos que uma falha como essa pode trazer. Segundo ele, o incidente ocorreu neste domingo (31), enquanto passeava sozinho pela represa Manly Dam; foi então que, ao errar a mira do pedal, o ciclista sofreu uma pequena queda – tão mínima, que ele mal teria se arranhado.

Isso é o que sobrou do aparelho após o incidente

Já seu iPhone 6, que estava no bolso de Clear, recebeu danos pequenos, mas suficientes para que sua bateria de íons-lítio sofresse defeitos. Com isso, o aparelho (que não possuía qualquer tipo de modificação) simplesmente entrou em combustão, queimando através das roupas da vítima.

“Eu só vi fumaça saindo de meu bolso de trás e eu estava completamente confuso sobre o que era, quando de repente eu senti essa dor forte”, contou ele ao jornal The Sidney Morning Herald. Ele continuou, explicando que, apesar do choque, eventualmente conseguiu separar o iPhone 6 de sua pele com as mãos – o que resultou em algumas queimaduras em seus dedos.

Um incidente como esses, de fato, não é exatamente surpresa: uma vez que os smartphones estão se tornando cada vez mais finos, as baterias (que já são extremamente frágeis naturalmente) estão se tornando extremamente suscetíveis a danos. Da mesma forma, esse não é nem de longe o primeiro caso envolvendo problemas com um iPhone defeituoso explodindo, com casos que vão de outras queimaduras na coxa até um em que o smartphone simplesmente explodiu no rosto de seu dono.

Felizmente, Gareth foi mais um daqueles cuja história teve um “final feliz”, já que, apesar do ferimento, o ciclista não corre qualquer risco de vida, precisando “apenas” de um enxerto de pele na área da queimadura. Mesmo assim, fica o aviso para que você tome o maior cuidado possível com seu aparelho para evitar acidentes como esses.

Cupons de desconto TecMundo: