(Fonte da imagem: Reprodução/iFixit)

Entre aqueles que já tiveram acesso ao iPhone 5 está o site iFixit, que já tratou de desmontar o aparelho e registrar as etapas necessárias para isso. Além de revelar as partes internas do novo dispositivo, o processo mostra que ele pode ser reparado facilmente em caso de danos — algo que deve resolver uma das principais críticas de quem possuía as versões anteriores e tinha que levar o aparelho para a assistência técnica.

Segundo o iFixit, o novo aparelho “pode ser considerado o iPhone mais fácil de ser reparado que vemos em um bom tempo”. O site afirma que o dispositivo pode ser aberto facilmente, o que significa que o vidro que constitui seu corpo pode ser substituído sem grandes problemas — situação que se repete em relação à bateria e ao display, que também podem ser removidos sem grandes problemas.

Smartphone ainda mais resistente

Outra modificação notável é no botão “Home”, que agora conta com um suporte em metal que deve torná-lo mais resistente do que aquele presente no iPhone 4 ou 4S. O processo também mostrou que a memória SDRAM DDR2 usada pelo dispositivo é fabricada pela Elpida — porém, como a Apple costuma usar vários fornecedores, outras fontes mostram que o aparelho possui partes produzidas pela Samsung.

(Fonte da imagem: Reprodução/iFixit)

Já o chip LTE incorporado pelo smartphone se trata do MDM9615M da Qualcomm, o que significa que o iPhone 5 é o primeiro aparelho de sua categoria a contar com o novo hardware. Segundo o iFixit, o dispositivo possui materiais que o tornam bastante resistente a arranhões, embora as arestas do aparelho ainda exijam o uso de um case de proteção caso você deseje mantê-las intactas.

Fonte: iFixit

Cupons de desconto TecMundo: