A Apple iniciou nesta sexta-feira a venda do iPad 2 em suas lojas nos Estados Unidos e, mesmo antes da abertura das lojas, o número de usuários que formavam longas filas em todo o país já era grande.

A universitária Amanda Foote era a primeira da fila na Apple de Nova York, tendo chegado ao local já na quarta-feira, às 15h. Depois de 41 horas de espera, Amanda vendeu o seu lugar para o desenvolvedor Hazem Sayed, por US$ 900. O valor é mais alto do que o modelo mais caro do iPad 2, comercializado a US$ 829.

Quando lançou o iPad, no ano passado, nas primeiras 24 horas a Apple vendeu 300 mil unidades. A expectativa da empresa para o iPad 2 é a de vender 600 mil unidades apenas hoje. Devido à grande procura, nas lojas da Apple o prazo de entrega do aparelho pulou para três semanas.

Especialistas do setor afirmam que é muito provável que o iPad 2 ultrapasse da marca de 500 mil unidades apenas em seu primeiro final de semana. Ainda não há previsão de lançamento do iPad 2 no Brasil. Além dos EUA, que inicia a comercialização a partir de hoje, outros 26 países recebem o modelo a partir do dia 25 de março.

Cupons de desconto TecMundo: