Vendas do iPad ameaçadas no Brasil

Fonte da imagem: Apple

Consumidores da Fast Shop, do Shopping Iguatemi de São Paulo, levaram um susto na noite passada por conta de um mandado de apreensão e busca de iPads. O produto da Apple, que chegou às lojas brasileiras nesta sexta-feira, é alvo de uma ação da empresa Transform, dona da marca i-PAD no Brasil.

A empresa é a fabricante do desfibrilador i-PAD (Intelligent Public Access Defibrilator) e pretende acionar todas as lojas varejistas do país para que retirem o produto das prateleiras até que uma nova decisão judicial determine o que deve ser feito.

A partir desta ação inicial, a Fast Shop, primeira empresa citada, tem até cinco dias para se defender. Já a Transform tem um prazo de 30 dias para entrar com uma ação final. As irregularidades apontadas pelo grupo brasileiro são duas: uso indevido de marca por parte da Apple e situação irregular de venda das redes varejistas.

Ainda não se sabe qual será o desfecho do caso, mas ao que tudo indica o produto não deve deixar as lojas enquanto a discussão continuar na esfera judicial. Segundo o site do INPI, o registro da marca i-PAD no Brasil pela Transform data de 2007.

Cupons de desconto TecMundo: