O iPad, sem dúvida, foi o tablet que causou mais rumores e especulações nos últimos tempos e deu início a uma nova geração dessa tecnologia. O lançamento da Apple parou o mundo tecnológico durante sua apresentação no dia 27 de janeiro deste ano.

Mesmo quando o tablet da empresa de Steve Jobs ainda era rodeado apenas por especulações, a Microsoft não perdeu tempo e em uma parceria com a HP (uma bela dupla, não?) anunciou trabalhar em um aparelho do gênero. Na época, o chamado Courier despontou na mídia.

Entretanto, pelo que parece, os planos de Bill Gates tiveram mudanças e o HP Slate é que surgiu como solução para a linha tablet da multinacional. Boatos correm que informações teriam vazado e especificações e preços (que variam de US$ 549 a US$ 599) do aparelho caíram na internet.

Gostaria de saber mais sobre essa disputa de titãs? O Portal Baixaki apresenta neste artigo detalhes sobre o possível resultado da parceria entre Microsoft e HP e a comparação entre este aparelho e o iPad.

HP Slate, um concorrente a altura do iPad

O tablet que  pretende desbancar o iPad

O HP Slate, como todo tablet, consiste em uma máquina com o intuito de facilitar a navegação e a usabilidade das ferramentas disponibilizadas através de um sistema de tela sensível ao toque. Isso significa que o usuário vai precisar apenas de uma caneta ou de seus dedos para aproveitar as funcionalidades do aparelho.

Durante a apresentação do tablet na CES 2010, maior evento tecnológico do mundo, o público ficou frustrado, pois esperava algo que seria único e suas expectativas indicavam o Courier.

Insatisfações à parte, as especificações do aparelho divulgadas pelo site Engadget o deixam à altura do iPad, fato que deve amenizar os ânimos dos céticos que dispararam críticas contra o HP Slate. De acordo com o site, o tablet da Microsoft terá dois modelos diferenciados, o básico ao custo de US$ 549 e a versão mais completa por cerca de US$ 599.

O modelo mais simples conta com tela de 8,9 polegadas - alcançando resolução de 1024 x 600 pixels - e sistema de multitouch capacitivo, processador Atom Z530 com 1.6 GHz, acelerador de reprodução de vídeo com o alcance de 1080p (formato de HDTVs), espaço para armazenamento de 32 GB e 1 GB de memória RAM.

A única diferença para o modelo mais caro apontada pelo Engadget é a quantidade de dados armazenados, já que ele possui 64 GB de espaço em disco. Para ambas as versões estão presentes a bateria com duração de cinco horas, um slot para SD, uma entrada USB, duas câmeras embutidas, uma entrada para cartão SIM, entrada para modem com compatibilidade para 3G, saída HDMI e Windows 7 como sistema operacional.

O resultado entre a parceria entre Microsoft e HP

Esses detalhes possibilitam que o HP Slate execute aplicativos pesados e complexos de forma qualificada e veloz, pelo menos é a primeira impressão ao assistir os vídeos divulgados pela HP:

Nesta primeira filmagem o tablet aparece demonstrando toda a potencialidade da sua câmera, qualidade gráfica, fácil usabilidade, conexão com memórias externas e a interação com redes sociais.

Por sua vez, o segundo vídeo possibilita que o usuário visualize todo o poder de navegação na web, ferramenta de leitura digital, execução de vídeos e, mais uma fez, enfatiza a operabilidade que o aparelho oferece.