Venda do iPad mini interfere na produção do iPad convencional(Fonte da imagem: Reprodução/Engadget)

Segundo o site Venture Beat, a compra de displays para iPad feita pela Apple no primeiro mês de janeiro de 2013 mostrou uma diminuição de mais de 50% em relação a dezembro do ano passado — isso somando os tamanhos de tela dos aparelhos “normais” e do “mini”. Se focarmos somente nos iPads tradicionais, o número aumenta para espantosos 80%.

De acordo com os dados obtidos pelo site, em dezembro a Apple comprou 7,4 milhões de displays de 9,7 polegadas. Já em janeiro, o pedido feito pela gigante de Cupertino caiu vertiginosamente, chegando a apenas 1,3 milhão de unidades.

O mercado pode estar mudando

Várias razões vêm sendo especuladas para essa grande diminuição no tamanho das compras realizadas pela Apple. Uma delas pode ser o sucesso do iPad mini, que poderia ter superado as expectativas da companhia e, consequentemente, teria derrubado as vendas do seu “irmão maior”.

Outro fator a ser considerado também é o grande crescimento das vendas dos tablets com sistema operacional Android – fabricados por diversas empresas diferentes. O Venture Beat lembra que, no começo do ano passado, a participação de mercado do iPad era absurda, com o aparelho dominando 68% do total das vendas.

Mudanças no mercado e queda na compra de displays (Fonte da imagem: Reprodução/Display Search)

Hoje, acredita-se que o market share do tablet da Maçã detém menos da metade do mercado, inclusive fechando o último quarto de 2012 com 43,4% – cerca de 25% menos se compararmos o dado com o resultado anterior.

Uma nova linha de produtos?

A diminuição drástica na compra de displays por parte da Apple também pode estar apontando outro fato: uma mudança drástica na linha de produtos da companhia, que pode alterar o tamanho do iPad em seu próximo lançamento. Vale lembrar que certos rumores ganharam força recentemente, alguns inclusive citando que o novo tablet da Apple pode ser anunciado já no próximo mês de abril

Cupons de desconto TecMundo: