(Fonte da imagem: Divulgação/Apple)

Enquanto estava vivo, Steve Jobs afirmava que os tablets com tela de 7 polegadas estavam destinados à morte — segundo ele, dispositivos do tipo não possuíam a portabilidade de um smartphone e nem eram tão bons como um iPad. Porém, com Tim Cook assumindo o cargo de CEO da Apple, ao menos nesse quesito a empresa pode estar prestes a mudar de opinião.

Segundo fontes consultadas pela Bloomberg, a companhia de Cupertino está planejando o lançamento de uma versão de seu tablet com um display que varia entre sete a oito polegadas. Ao que tudo indica, o dispositivo não contaria com a tecnologia Retina, uma forma de reduzir seus custos de fabricação e, assim, atingir um mercado consumidor mais amplo.

Já o The Wall Street Journal obteve a informação de que os fornecedores asiáticos da Apple já estariam planejando iniciar a produção em massa do aparelho em setembro deste ano. A expectativa é que a novidade, que deve ser lançada em outubro de 2012, conte com a mesma resolução de tela que o iPad 1 e 2, de 1024x768 pixels.

O novo gadget, já chamado por muitos pelo nome iPad Mini, estaria sendo desenvolvido para bater de frente com o Nexus 7, da Google. Para isso, o novo produto deve ter um preço de venda bastante agressivo, variando entre US$ 300 e US$ 400 — valor maior do que o dispositivo produzido pela concorrente, mas que se mostra mais acessível do que os US$ 499 cobrados pela versão mais recente do tablet.

Fontes: DVICE, The Wall Street Journal, Bloomberg

Cupons de desconto TecMundo: