(Fonte da imagem: Divulgação/Apple)

Ao que parece, as questões de logística e manufatura surgidas do estilo singular dos aparelhos da Apple ainda devem causar transtornos durante algum tempo. Na verdade, até o início do ano que vem. Várias fornecedoras de componentes no extremo Oriente têm experimentado problemas com a produção em massa para as linhas de montagem do iPad mini e do iMac — o “tudo em um” da companhia.

No que se refere ao novo tablet com dimensões reduzidas, uma fonte não revelada do site Digitimes afirmou que tanto a LG Display quanto a AU Optronics devem trabalhar abaixo da demanda da Maçã até algum momento do próximo trimestre. Ainda de acordo com a fonte, o total de aparelhos que deve ser enviado até o final deste ano deve ficar em 6 milhões de unidades — 40% abaixo dos 10 milhões previstos pela Apple, portanto.

(Fonte da imagem: Divulgação/Apple)

Em relação ao iMac, a Digitimes afirmou que a LG Display é atualmente a única responsável pelos painéis necessários para a confecção do aparelho. A LG afirmou ter inaugurado todo um novo processo de produção em massa para se acomodar às necessidades e às dificuldades de montagem do computador. De acordo com a fonte anônima, a questão também deve ser contornada até o final do próximo trimestre.

Atualmente, os pedidos por iPad minis feitos diretamente no site da Apple têm entrega prevista para duas semanas. Já as novas versões do iMac — com 21,5 e 27 polegadas — ainda não foram colocadas nas prateleiras pela Apple.

Cupons de desconto TecMundo: