(Fonte da imagem: Reprodução/iFixit)

O novo iPad Air é um dos tablets mais bonitos do mercado e conseguiu convencer muitos donos de gerações anteriores de que chegou a hora de trocar de aparelho. É inegável que ele está com design mais agradável e também é impossível dizer que o hardware não chama a atenção. Mas será que o aparelho é perfeito? O iFixit — site especializado em reparos de dispositivos eletrônicos — descobriu que não.

Realizando a desmontagem completa do iPad Air, o iFixit chegou à conclusão de que o aparelho merece apenas 2 pontos (em uma escala que vai de zero a dez) nos índices de facilidade nos reparos. Ou seja, os especialistas afirmam que é muito difícil realizar manutenções e trocas de componentes por conta própria — o que quer dizer que é mais do que recomendado procurar assistências autorizadas para esse tipo de tarefa.

O iFixit afirma que o iPad Air tem “os procedimentos de remoção de bateria mais dificultosos até hoje”, mesmo ela não sendo soldada à estrutura principal do dispositivo. O site também mostra que há muitos componentes que parecem colados com cola e fita adesiva, fazendo com que o acesso às áreas mais internas do tablet seja praticamente impossível para os consumidores comuns.

(Fonte da imagem: Reprodução/iFixit)

Também foi revelado que a tela LCD e o vidro que protege o painel são compostos por estruturas diferentes, o que pode facilitar bastante as trocas que podem ser necessárias — algo que é realmente importante, pois torna a manutenção mais barata. Será que esse tipo de informação vai fazer com que os consumidores pensem duas vezes antes de comprar o iPad Air ou a Apple pode esperar bons resultados para ele?

Cupons de desconto TecMundo: