Quando a Apple anunciou o iPad Air 2 ela destacou o potencial gráfico do novo processador A8X, mas não entrou em detalhes sobre a sua arquitetura ou mesmo explicou mais a fundo as suas possibilidades. Contudo, os primeiros testes realizados por sites internacionais apontaram para um potencial de processamento gráfico maior do que o previsto – e não havia uma explicação para isso.

O “mistério” parece ter sido esclarecido agora pela equipe do site AnandTech, que desmontou o aparelho e realizou testes de hardware mais efetivos no produto. Segundo a publicação, todos imaginavam que o aparelho contava com um processador de três núcleos e 2 GB de RAM. Contudo, testes mais apurados mostram que, na verdade, não é bem assim.

“Os testes comprovam que o A8X tem uma configuração de 8 clusters Series6XT. Todos os oito clusters da GPU estão claramente visíveis, o que chama a atenção é o layout. Em outras palavras, imagine a A8 GX6450 juntamente com outra GX6450 sobre ela. Essa é a configuração da A8X”, destaca o site.

O site ressalta ainda que essa configuração não muda a percepção obtida nos testes iniciais – em especial o desempenho sólido de processamento obtido. Entretanto, a descoberta do fato ajuda a compreender melhor a ótima performance de GPU obtida pelo aparelho em todos os testes a que foi submetido até agora.

Cupons de desconto TecMundo: