iPad atual e iPad Mini, com um visual que deve ser exemplo para o novo modelo (Fonte da imagem: Divulgação/Apple)

Foram tantos rumores e informações sobre o lançamento dos novos modelos de iPhone nas ultimas semanas que o iPad acabou sendo deixado de lado pelos fãs da Maçã, no entanto, dezenas de especulações e supostos vazamentos demonstram que novas versões estão por vir e elas podem agradar muito a quem já tem uma quedinha pelo gadget.

Oficialmente, o que se sabe é que um novo evento foi marcado pela Apple para o dia 15 de outubro e, ao que tudo indica, é daí que um novo aparelho deve surgir, embora nada além da data tenha sido confirmado.

Nesse artigo, trazemos para você um guia para entender melhor o que a Apple pode trazer de novidade para o seu tablet, desde rumores sobre configurações até vazamentos de design e apostas em suas diferentes versões. Confira os itens abaixo e faça suas apostas!

O fim das bordas

 (Fonte da imagem: Reprodução/9to5mac)

O iPad mini já mostrou um pouco do que a Apple acredita no futuro para seus aparelhos e possivelmente já deu também um gostinho do que pode vir no visual da nova versão do iPad. Bordas laterais extremamente finas se comparadas aos espaços no topo e base do aparelho.

A diferença também pode ser observada entre as ultimas versões do iPhone, o que mais uma vez indica que essa tendência deve ser aplicada a toda a linha de produtos da marca. Desde o começo do ano, rumores de uma carcaça semelhante à do iPad mini estão rodando a web.

E não é somente um rumor ou outro, mas sim uma verdadeira enxurrada de imagens (aqui, aqui e aqui) feitas por fontes diferentes, em ângulos diversos que mostram uma estrutura mais condensada dando suporte a uma tela do mesmo tamanho da atual. O aparelho supostamente ficaria mais fino e também receberia o novo conector da marca.

A quantidade de informações supostamente vazadas dá ainda mais veracidade às suposições acima. Dificilmente tantas imagens semelhantes apareceriam na web sem qualquer contradição caso esse não fosse mesmo um novo modelo de iPad.

No vídeo acima, você pode conferir uma comparação direta entre a versão atual e a suposta carcaça do novo gadget da Maçã. Nele, o TDLToday abre um iPad atual, comparando a estrutura de ambos os tablets.

Chip A7

Embora nenhuma informação oficial tenha sido lançada, é difícil imaginar que o iPad fique de fora da nova geração de processadores em que a Apple anda investindo, tanto ele quanto a sua versão Mini. O A7, que conta com arquitetura x64 (o primeiro processador para smartphones com estrutura “desktop-class”), promete ser até duas vezes mais rápido do que o modelo atual.

Com um processador mais veloz, o iPad poderia se tornar o gadget definitivo para quem quer um aparelho para jogatinas intensas. Seguindo as melhorias do iPhone 5S, que trouxe recursos que otimizam a performance por software, os novos iPads poderiam oferecer também gráficos e velocidades dignos de grandes títulos.

(Fonte da imagem: Reprodução/iDownloadBlog)

Ao mesmo tempo, mais detalhes, como texturas e sombras, devem ser percebidos em ambientes virtuais. Isso não só favoreceria a utilização do aparelho para jogos como também para a visualização de fotos e vídeos, o que é essencial em um gadget com tela maior.

No entanto, essa possibilidade pode ser ainda melhor do que os fãs da Apple esperam: segundo o analista da área Ming-Chi Kuo, ambos os tablets podem aparecer renovados no mercado com um chip A7 de alto desempenho, o que seria o A7X.

Isso não é difícil de imaginar levando em conta o passado recente de lançamentos da Gigante de Cupertino. Enquanto o iPhone 5 foi lançado com o A6 em setembro do ano passado, o iPad 4 foi anunciado um mês depois com o A6X, ainda mais veloz.

iPad mini com tela retina

Uma das maiores especulações do momento é sobre um iPad mini com tela retina. A nova geração do aparelho chegaria ao mercado e traria a novidade, algo que, na verdade, vem sendo especulado desde o lançamento do produto em novembro do ano passado.

Porém, alguns especialistas acreditam que essa primeira atualização do aparelho não vá trazer uma mudança grande em seu display e que a introdução da tela de mais qualidade deve aparecer ao longo do ciclo do produto, mas não tão cedo.

De qualquer forma, todas as melhorias combinadas entre o processador e o suporte ao OpenGL ES em sua versão 3.0 faz com que seja ainda mais fácil de acreditar em um iPad mini com tela retina, o que aumentaria a densidade de pixels no pequeno aparelho, casando perfeitamente com o aumento de velocidade, o que instantaneamente aumentaria também a sua competitividade no mercado.

(Fonte da imagem: Divulgação/Apple)

Se pensarmos que o iPad mini é a grande aposta da Maçã para se manter na liderança absoluta no mercado de tablets, faria todo o sentido que o investimento de melhorias no aparelho apareça em pouco tempo. Enquanto a Apple perdeu participação para 32,4% no segundo trimestre deste ano, a Samsung subiu para 18% e a ASUS, com o Nexus 7, fica em torno de 4,5%.

A venda total de tablets do terceiro trimestre fiscal da marca ultrapassou os 14,6 milhões de iPads, número que representa praticamente o dobro de vendas de seu principal concorrente, a Samsung. No entanto, o histórico do mercado de tecnologia nos mostra que nenhuma liderança é totalmente segura caso não haja movimentos para que ela seja mantida.

iOS 7 e seus suportes

Talvez algumas das maiores mudanças para os tablets da marca estejam na integração de ferramentas no iOS 7. O sistema operacional recebeu as maiores mudanças dos últimos anos, o que pode contar com a reprogramação de elementos de forma especifica para o novo modelo do iPad (como aconteceu com o sensor biométrico no iPhone).

(Fonte da imagem: Divulgação/Apple)

Além disso, o iOS 7 é totalmente aberto aos controladores padronizados de terceiros, ou seja, controladores para games cada vez melhores e mais completos devem surgir para os aparelhos. Somando isso a um sistema otimizado com um processador mais poderoso, é possível que o novo iPad se torne o aparelho definitivo para jogos da marca da Maçã.

Película protetora e rumores menores

Um rumor menos comentado, mas que parece bastante promissor, diz respeito a uma patente registrada recentemente pela Apple, que indica que a empresa pode lançar seus novos tablets com revestimentos especiais nas telas, o que contaria com uma película antirreflexo e absorção UV, o que deve melhorar a experiência de visualização de conteúdo, além de aumentar a vida útil do aparelho.

Além disso, alguns especialistas ainda indicam que a marca pode lançar novas opções do tablet até o próximo ano, como um suposto iPad Maxi, com dimensões superiores às do iPad atual, e uma versão de baixo custo do iPad mini, sem tela retina e possivelmente com carcaça de plástico, seguindo a tendência do iPhone 5C.

Embora o investimento em aparelhos de baixo custo para manter a liderança no mercado faça bastante sentido, esses são rumores de menor força, afinal, ainda não existe qualquer imagem que comprove a existência de projetos ou protótipos assim.

E você, tem apostas para o próximo lançamento da Maçã? Dê sua opinião nos comentários e fique ligado no Tecmundo para novidades

Cupons de desconto TecMundo: