Estradas com iluminação própria (Fonte da imagem: Reprodução/Studio Roosegaarde)

Uma dupla de holandeses vem se esforçando para melhorar as condições de trânsito no mundo todo investindo em uma frente alternativa: investindo nas tecnologias das estradas.

É fato que as companhias de automóveis investem bilhões de dólares anualmente no desenvolvimento de novos recursos para os seus veículos.

Em contrapartida, as ruas e rodovias não contam com a mesma aplicação de verba – e uma maior atenção a elas seria algo inteligente para aumentarmos a segurança de tráfego em todos os lugares.

Dessa forma, Hans Goris, o diretor de um escritório de engenharia e Daan Roosegaarde, artista conhecido por sua excentricidade, se juntaram para criar um projeto chamado "Rota 66 do futuro". O nome vem da estrada que cruzava os Estados Unidos ligando Chicago à Los Angeles. O trabalho também é conhecido como "Smart Highway" (Estrada inteligente).

Diga tchau aos postes de iluminação

A primeira medida inovadora a ser estudada pelos dois holandeses seria a eliminação dos postes. Segundo eles, uma tinta especial poderia iluminar as estradas, algo que dispensaria o perigo dos carros atingirem tais estruturas.

De quebra, ainda seria possível realizar um corte de custos graças à eliminação da necessidade de se ter um enorme gasto com energia. A ideia é desenvolver uma tinta especial e inspirada no “comportamento” das águas-vivas. Entre as opções estariam um composto que utilizasse grandes quantidades de um cristal especial com aditivos químicos, como o európio.

Sinalização mais inteligente

Além disso, caso a iluminação total das estradas seja algo “utópico demais”, a ideia de criar sinalizações mais eficientes também seria interessante – inclusive eles já estão passando por alguns testes. Nesse caso, gigantescos flocos de neve pintados na pista, por exemplo, poderão alertar os motoristas de que ali há perigo de o carro escorregar.

Cuidado! Neve! (Fonte da imagem: Reprodução/Studio Roosegaarde)

Os postes também poderiam contar com um funcionamento mais ecologicamente sustentável. Os dois holandeses pretendem desenvolver, até 2015, uma espécie de pequena turbina que seria instalada nas rodovias.

Quando posicionados em locais estratégicos das estradas, esses inventos poderiam aproveitar o vento produzido pelos carros para manter acesas as lâmpadas de sinalização. Segundo Roosegaarde, em entrevista à BBC, no começo e no final de túneis, principalmente, há muito ar para ser aproveitado dessa maneira.

Recarregue o seu carro

Hans Goris e Daan Roosegaarde se empolgam também quando o assunto são os carros movidos à energia elétrica. Segundo eles, as estradas poderiam contar com uma pista exclusiva para os veículos que têm uma bobina elétrica. Assim, enquanto rodassem, os automóveis também se carregariam. A ideia já é utilizada em um trem elétrico que não utiliza cabos e fica em Bordeaux, na França.

Cupons de desconto TecMundo: