Na última quarta-feira, dia 12, morreu na cidade de Nova Jersey, nos Estados Unidos, Joseph Woodland, engenheiro mais conhecido por ser um dos criadores do sistema de código de barras responsável por revolucionar a indústria desde os anos 70.

Woodland, juntamente com seu companheiro de classe Bernard Silver, desenvolveu, no final dos anos 40, o famoso sistema de codificação em barras utilizado até hoje no mundo todo. No entanto, a invenção só foi patenteada em 1952 e utilizada em grande escala nos anos 1970.

De acordo com uma matéria especial publicada no jornal The New York Times, Woodland desenvolveu a ideia quando realizava o seu mestrado no Instituto Tecnológico Drexler, no estado da Philadelphia. Na época, um comerciante local pediu à universidade um sistema para codificar os produtos de uma loja. A ideia dos códigos de barras acabou rejeitada inicialmente.

Sabendo da ideia do amigo, Silver pediu a Woodland que continuasse investindo no projeto até que em 1952 a dupla patenteou o sistema e o vendeu à Philco por US$ 15 mil (valor equivalente a cerca de US$ 125 mil atuais, ou R$ 250 mil). O sistema só pôde ser utilizado a partir dos anos 70, quando a tecnologia de leitura óptica se desenvolveu o suficiente para tornar o seu uso viável em grande escala.

Cupons de desconto TecMundo: