Nesta semana, a empresa neozelandesa Martin Aircraft Company iniciou os testes com o seu protótipo de jetpack. O equipamento, com 200 cavalos de potência, já consegue planar por mais de sete minutos ininterruptos. A fabricante garante que ele é capaz de realizar trajetos de até 50 quilômetros, atingindo 100 km/h.

O Martin Jetpack, como foi batizado o aparelho, conta com um motor a gasolina para manter dois ventiladores ligados, os quais são responsáveis por suspender o viajante no ar. Até o presente momento, os experimentos realizados pela empresa utilizaram apenas bonecos controlados à distância.

Entretanto, a expectativa da fabricante é começar a testar seu jetpack com pessoas até a metade deste ano. O Martin Jetpack é produzido com fibra de carbono, tendo 1,5 m de altura e 1,6 m de largura. Com seu tanque completamente abastecido, o equipamento tem autonomia de voo de até 50 quilômetros, podendo alcançar até 100 km/h.

O preço estimado pela Martin Aircraft para o dispositivo voador é de US$ 90 mil – cerca de R$ 153 mil sem o cálculo de impostos. Para conhecer mais detalhes sobre o jetpack com valor de carro de luxo, confira o artigo “Jetpack: voar livremente já é uma opção”.

Cupons de desconto TecMundo: