Após o terremoto de 8,9 pontos, o Tsunami varreu todo o Japão, causando destruição por onde quer que tenha chegado. Porém, não foi só a terra do Sol Nascente que sentiu os impactos dessa onda gigantesca, que trouxe calamidade para um país inteiro.

Um vídeo publicado pela NOAA (The National Oceanic and Atmospheric Administration) mostra que as ondas se espalharam por todo o oceano Pacífico em menos de 24 horas, perdendo a força ao chegar ao continente americano. Os sismólogos mostram, através de uma animação criada no computador, toda a energia dissipada pelo epicentro, que se espalhou pelo resto das águas.

Ao final do vídeo, é possível conferir a amplitude máxima das ondas, desde seu núcleo a 130 quilômetros da costa japonesa. A velocidade de propagação chega a ser impressionante, apesar de já chegar à ilha do Havaii com muito menos força do que aquela que destruiu boa parte do Japão.

Amplitude das ondas durante o Tsunami

Em locais em que o solo era mais profundo, é possível perceber que as ondas foram amenizadas, perdendo sua força na sequência. Apesar de não chegar aos Estados Unidos com muita força, o Tsunami destruiu barcos na marina da Califórnia.

Enquanto isso, no Japão, o número de mortos já passa de duas mil pessoas, devendo aumentar ainda mais nos próximos dias.

Cupons de desconto TecMundo: