O famoso site 4chan agora tem um novo dono. Christopher “moot” Poole, criador do portal, anunciou, no dia de ontem (21) que havia vendido seu serviço – algo que já era esperado, de certa forma, depois que Poole deixou a administração do canal nas mãos de outros moderadores, em janeiro deste ano. O valor ou os termos da compra não foram revelados.

E quem seria o comprador do site? Bem, essa é a parte mais inesperada: trata-se de ninguém menos do que Hiroyuki Nishimura, criador do igualmente famoso fórum otaku 2channel, o portal que inspirou Poole a desenvolver o 4chan. Curiosamente, Nishimura também não é mais dono de seu próprio serviço, que foi comprado em 2009.

A venda, segundo o jornal The New York Times, foi descrita por Poole como o fim de um ciclo. “Hiroyuki é literalmente a única pessoa no mundo com tanta, se não mais experiência do que eu em manter uma grande e anônima comunidade que serve dezenas de milhões de pessoas. Ele é o bisavô de tudo isso”, disse o agora ex-administrador do 4chan.

Já na época de sua saída como administrador, Moot ganhou uma homenagem de sua equipe

Nishimura se mostra igualmente respeitoso à Poole, em sua declaração: “Estou orgulhoso de estar tomando o lugar do Sr. Poole como dono do 4chan. Eu sempre admirei o lugar do 4chan na web como produtor de cultura anônima e da Internet, e estou ansioso para continuar a crescer e desenvolver o site e dar suporte à comunidade”, disse ele.

Mesmo com toda essa camaradagem, o ex-dono do 4chan avisa que não deve continuar participando ativamente no crescimento do site.

Tomando novos rumos ou seguindo em frente?

Uma compra como essas, é claro, certamente deve fazer muita gente se perguntar sobre qual será o futuro do 4chan. Quanto a isso, é provável que as mudanças não sejam tão grandes – afinal, o próprio 4chan tinha grandes inspirações no 2channel, e ambos contavam com uma enorme comunidade fã de animes e outros conteúdos para otakus.

Hiroyuki Nishimura, o novo dono do 4chan

Se quiser tornar este um negócio lucrativo, contudo, Nishimura terá muito trabalho pela frente. Isso porque Poole tratou sua rede como um hobby, na maior parte, e muito pouco como um empreendimento; como resultado, o site conseguiu milhões de fãs, mas mesmo com um bom número de propagandas, o 4chan se mostrou lucrativo apenas algumas vezes.

Não ajuda em nada, é claro, a presença de conteúdos de todo o tipo, entre postagens ofensivas e até mesmo ilegais, que afastam possíveis patrocinadores. Da mesma maneira, outras redes semelhantes como o Reddit e o Imgur vêm se mostrando competidores gigantescos, ultrapassando facilmente o número de usuários ativos no 4chan, com muito menos tempo de existência.

Apesar disso, Poole se mostra otimista para o futuro de seu ex-site, usando como exemplo métodos de monetização como o 4chan Pass, que permite aos fãs oferecerem um valor em dinheiro em troca de vantagens dentro da página. “Resta saber se a propaganda na tela é o futuro dos negócios na rede ou se é na criação geral de valor com um produto que as pessoas estejam dispostas a pagar por ele”, afirmou.

Qual é o futuro do 4chan? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: