E eis que estamos diante do resultado de mais uma pesquisa analisando o uso da banda larga fixa ao redor do globo – e, como alguns já imaginam, o Brasil aparece na lista, mas bem longe de uma posição confortável ou de destaque, uma vez que ocupa a 21ª posição de um ranking com 30 países. 

O estudo em questão foi divulgado pela empresa de consultoria britânica Ovum, e revela que o ideal seria que todos os usuários de internet tivessem uma conexão de, no mínimo, 10 Mbps para satisfazer as expectativas de navegação. Outros dois aspectos também foram levados em conta para garantir que a experiência do usuário seja considerada boa: redes estáveis e confiáveis que sejam capazes de entregar o conteúdo desejado em até três segundos e um serviço de atendimento que resolva a maioria dos problemas já no primeiro contato. 

Para dar uma ideia de como cada país se saiu, a equipe da Ovum criou um placar baseado na experiência de banda larga satisfatória que leva em conta aspectos objetivos e subjetivos de conectividade apontados por usuários de 30 países diferentes. A Suécia ficou no topo da lista (com um resultado de 88%), enquanto o Brasil ocupou a 21ª posição (com 50%). O pior país é o Egito, com 30% de satisfação. 

Lista mostra o grau de satisfação do usuário em cada um dos continentes avaliados

“Desde o lançamento dos serviços de banda larga, sempre houve uma discussão sobre a definição de banda larga e qual é a velocidade ideal [para o usuário]. Em 2015, a resposta é ‘pelo menos 10 Mbps’ se você quiser ter uma boa experiência [de navegação], mas um número significativo de lares, mesmo em países desenvolvidos, ficou bem abaixo dessa marca”, explicou Michael Philpott, um dos responsáveis pelo estudo.

Qual é a velocidade da sua internet? Ela está acima ou abaixo de 10 Mbps? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: