O FDA (Foods and Drugs Administration) anunciou através de vídeo que o novo programa do órgão americano deve acelerar os testes com produtos robóticos, os quais estão em estudo para auxiliar, o mais breve possível, pessoas portadoras de necessidades especiais.

Já foi divulgado que o primeiro produto a ser testado será um braço robótico controlado pelo cérebro, todavia o FDA não anunciou o nome do dispositivo. Especulações indicam que o aparelho em questão é o braço robótico “Luke” (mostrado no começo do texto), desenvolvido pela corporação Deka, empresa do fundador Dean Kamen.

Apesar de a notícia ser animadora, o órgão americano informa que, para que as análises comecem, ainda é necessária uma revisão nos planos da iniciativa.

Cupons de desconto TecMundo: