O Ministério das Comunicações está finalizando um projeto chamado “Banda Larga Para Todos” que visa levar internet de banda larga com velocidade de 25 Mbps a 98% dos domicílios brasileiros até 2018. Segundo a Folha de S. Paulo, o governo estuda fazer parcerias público-privadas com as operadoras ainda no primeiro semestre deste ano.

O governo financiaria R$ 15 bilhões, com recursos públicos vindos do Fistel (Fundo de Fiscalização das Telecomunicações), e as operadoras de telefonia arcariam com mais R$ 35 bilhões. A iniciativa é uma das promessas de campanha da atual presidente Dilma Rousseff, mas o projeto esbarra em alguns empecilhos.

O primeiro deles é o fato de que as operadoras acreditam que o Ministério da Fazenda não vai abrir mão dos R$ 15 bilhões do Fistel, em especial em um momento em que o país atravessa uma crise econômica. Além disso, elas afirmam que não têm como bancar os R$ 35 bilhões de investimentos sem comprometer sua lucratividade.

Para chegar aos 25 Mbps, seria preciso que as operadoras investissem cerca de 30% do que ganham (atualmente esse número fica entre 15 e 20%) na construção de redes de fibra óptica. Como contraproposta, as empresas de telefonia devem sugerir uma meta de velocidade de 10 Mbps, uma vez que para isso seria possível utilizar as já existentes redes de fios de cobre.

Cupons de desconto TecMundo: