Internet no Brasil precisa de mudanças (Fonte da imagem: ShutterStock)

O Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) declarou estar preocupado com o ritmo de adoção do protocolo IPV6 no país. Segundo o órgão, o Brasil não vem se preparando de forma adequada para o futuro, principalmente porque, segundo previsões do próprio Comitê, os números IP em sua versão IPv4 deverão se esgotar já no primeiro semestre do ano que vem.

Atualmente, apenas 0,5% do tráfego internet do país faz uso do novo protocolo, um número ínfimo se levados em conta todos os números da rede no país. O desempenho fica ainda pior se comparado a outros países que historicamente fazem uma distribuição de números muito inferior.

A título de comparação, o Brasil fica não só abaixo da média mundial, que está entre 1,75% e 2%, mas também se posiciona bem atrás de outras nações, como Alemanha, com 4,5% e França, com 5% no ritmo de adoções. Já o vizinho Peru, com uma estrutura muito menor, consegue atingir a marca de 3%.

Cobrando soluções

Com a situação preocupante, o Comitê Gestor da Internet no Brasil, em uma reunião extraordinária realizada no mês passado, definiu algumas sugestões de melhoria e apresentou diversas resoluções a serem enviadas para diversos órgãos, como o LARC, a ANDIFES, a ABRUEM, a FEBRABAN, a Câmara-e.net e diversas operadoras de internet e telefonia.

Comitê Gestor da Internet no Brasil exige mudanças (Fonte da imagem: Reprodução/CGI)

Entre as cobranças feitas pelo CGI estão a definição de um plano de metas para a adoção do IPv6 a ser definido pelo Ministério de Planejamento do Governo Federal, a produção de ferramentas de apoio para gestores de TI e diversos campus universitários, incluindo incentivos e a produção de cursos de formação e capacitação continuada no IPv6.

Outro ponto importante abordado pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil diz respeito à produção e venda de novos equipamentos adequados à utilização do novo protocolo. Segundo apurou o site Teletime, “o CGI sugere que o IPv6 seja incluído como requisito na compra de equipamentos “.

Consequências

O Comitê Gestor da Internet no Brasil é direto quando o assunto são as consequências que o atraso na adoção do novo protocolo podem trazer para a internet no Brasil. Além de prejudicar totalmente a chamada expansão sustentável da internet no país, diversos outros entraves deverão aparecer.

A resolução apresenta diversas situações, como uma péssima experiência de navegação, além de falhas frequentes em serviços de VoIP, streaming de vídeo e jogos online, por exemplo. Provedores de internet terão custos de funcionamento maior, algo que também poderá encarecer bastante os serviços de internet.

Cupons de desconto TecMundo: