(Fonte da imagem: Reprodução/iStock)

No final da semana passada, a Síria foi o primeiro país a ficar 100% fora da internet. A situação ainda não foi completamente esclarecida, pois o governo sírio alega que a queda de conexão foi oriunda de um ato terrorista, enquanto especialistas de segurança na web e órgãos da imprensa internacional acreditam que tenha sido um forma dos governantes impedirem que informações sobre os conflitos entre ativistas e as forças armadas chegassem ao resto do mundo (clique aqui para entender melhor toda a polêmica).

Segundo publicação da BBC, dois dias após o estranho acontecido a maioria dos habitantes da Síria voltou a ter acesso à internet. Contudo, os reais motivos do “blackout” ainda não foram esclarecidos. Na verdade, ativistas dizem que, no período em que os meios de comunicação estiveram cortados, as represálias do exército do país se intensificaram.

Cupons de desconto TecMundo: