Quem diria que uma invenção da década de 60 seria considerada uma iluminação do futuro?  As intensas pesquisas tecnológicas permitiram a evolução dos LEDs e também dos novos aparelhos que vão utilizá-los. Se você leu nosso artigo sobre LED TV, já sabe como a aplicação dos diodos elevou a qualidade de imagem das televisões porque apresentam um painel com milhares de luzes, ao invés de possuir uma única fonte luminosa. Para saber mais detalhes sobre a nova geração de televisores e ver a comparação com a televisão de plasma, acesse LED TV, a sensação de 2010.

Mas o que é LED?

LED é a sigla para o termo Light Emitting Diode ou Diodo Emissor de Luz. Essas pequenas luzes são diodos semicondutores com alta capacidade de emitir energia luminosa, produzidos a partir de elementos como silício e germânio, ou sais como arseneto de gálio e fosfeto de gálio.

LED

O Baixaki publicou recentemente uma matéria sobre esse pequeno componente eletrônico. Acesse LED: a iluminação do futuro já disponível no presente e conheça mais sobre o funcionamento e aplicações dos diodos.

O trânsito controlado por LEDs


Semáforo de LEDO benefício da iluminação os LEDS atingiu as ruas das cidades. Em 1990, a Companhia de Engenharia do Tráfego (CET) de São Paulo iniciou os estudos para analisar a viabilidade de substituir as lâmpadas incandescentes de semáforos de alguns dos principais cruzamentos da cidade pelas lâmpadas de diodos.

Como surgiu a ideia da pesquisa? Porque a substituição já estava em andamento em cidades dos Estados Unidos e da Europa. Apesar da demora, devido à falta de capital, a análise da CET/SP confirmou as vantagens da sinalização dos LEDs ao ponto de, hoje em dia, lermos notícias como “Empresa lança semáforos de LED no Brasil”.

O investimento custou aproximadamente U$ 750 mil e deu retorno em apenas 12 meses, com combinação da redução de energia consumida pelos sinais luminosos e diminuição na frequência das manutenções dos semáforos.


Vantagens

  • Grande economia no consumo de energia

Os diodos emissores de luz (LEDs) consomem 15 a 20 watts contra 100 watts utilizados pelas lâmpadas incandescentes com a mesma intensidade luminosa. No quadro geral, isso resulta em uma redução de 80 a 90% do consumido de energia.

  • Maior segurança para o trânsito

A iluminação dos semáforos de LED é mais intensa e brilhante que aquela produzida pelas lâmpadas incandescentes, não causando confusões nos motoristas e pedestres devido ao reflexo da luz solar.

  • Redução da manutenção na troca de lâmpadas

A lente usada nos semáforos é composta de inúmeras lâmpadas de LED, que funcionam de maneira independente umas das outras. Então, a queima de uma pequena quantidade de LEDs não afeta totalmente a transmissão do sinal luminoso.
 
Além disso, a vida útil de um LED é de 100.000 horas aproximadamente, ou seja, uma lâmpada de LED dura 25 vezes mais que uma lâmpada convencional.

Paineis de LED

Letreiro com lâmpada de LED. Fonte: Sparktech Tecnologia

b

Queremos ouvir a sua opinião! A sua cidade possui semáforos de LED? O que você acha do intenso investimento nas tecnologias com LED? Não deixem de comentar!

Cupons de desconto TecMundo: