O futuro é sempre incerto, sempre uma incógnita, mas em alguns casos é possível prevê-lo. A previsão mais conhecida é a do clima, a qual é realizada por diversos institutos que avaliam através de satélites e diversos cálculos, as possibilidades e probabilidades de como o clima irá se comportar num futuro próximo. Além dessa previsão, existem cientistas que trabalham em cima de muitas outras pesquisas, tentando descobrir o que irá acontecer no futuro.

Muito dinheiro é investido no ramo da previsão do futuro, tanto é verdade que no Japão existe um computador chamado “Earth Simulator” (Simulador da Terra), o qual está sendo preparado e desenvolvido para prever o clima de um tempo muito à frente. Este computador recebeu um investimento de mais de U$ 350 milhões de dólares, sendo que sua capacidade de processamento equivale a mais de 35 trilhões de cálculos por segundo.

Computador consegue saber o futuro com uma precisão fantástica!

O Earth Simulator já está em funcionamento e segundo as notícias, ele consegue prever o clima com uma antecedência de trinta anos ou mais. Este computador é um dos mais rápidos do mundo, contudo a previsão dele funciona apenas para o clima. Todavia, um cientista arrisca um palpite de que não apenas fatores da natureza poderão ser antecipados, mas a tecnologia deverá influenciar numa previsão do futuro fantástica.

Professor e cientista Alessandro VespignaniA previsão do futuro ainda vai melhorar muito

Segundo o professor Alessandro Vespignani, a tecnologia irá ajudar a prever o futuro em vários sentidos. Ele crê que com o avanço da computação será possível saber tendências, costumes e até mesmo o que a população mundial irá preferir no futuro, ou seja, a demanda de produtos. O cientista não aposta diretamente na evolução dos computadores, mas no enorme crescimento da internet.

Várias pesquisas já foram e são feitas sem ninguém saber absolutamente nada. As pessoas são monitoradas diretamente, na internet, nos celulares, nas câmeras e em muitos outros lugares. Essas pesquisas conseguem revelar facilmente o que a população mais procura, quais as palavras mais utilizadas em buscas, sites mais acessados, horários em que se mais utilizam determinados meios de comunicação e muito mais.

Tudo isso já tem feito com que o mercado e a internet se adaptem de uma forma muito rápida, de modo que os consumidores encontrem com maior facilidade o que desejam. As empresas mais espertas já trabalham em cima dessas pesquisas, porque elas indicam facilmente a previsão do que as pessoas irão gostar daqui uma semana ou um mês.

A tecnologia rastreia suas atividades

Todo mundo já sabe que privacidade é algo que está cada vez mais inexistente. Toda tecnologia nova retira um pouco da sua privacidade. Por isso, qualquer um que possui um dispositivo com GPS, Bluetooth, utiliza Wi-Fi no notebook, faz compras através de cartão de crédito (e débito), está sujeito a ter sua privacidade monitorada constantemente.

Até agora, várias instituições já podem saber tudo o que você compra, aonde você vai, com quem você fala, o que você faz e tudo isso sem sair da frente de um computador. Mas esses dados são utilizados raramente, porque servem apenas como um meio de controle e para evitar possíveis crimes.

Os dados gerados até agora não foram utilizados para grandes finalidades, contudo o professor Vespignani afirma que com a “Mineração de realidade” tudo deve mudar. Até o presente momento os cientistas estavam limitados a utilizar os dados em poucos casos, porque não havia nem software nem computadores com poder suficiente para utilizar os dados para propósitos mais interessantes. Mas isto está para mudar em breve.

Extraindo informações

A mineração de realidade é um conjunto de novas técnicas (softwares e novos computadores que estão sendo desenvolvidos) que auxiliará os cientistas a preverem catástrofes, pandemias, crises e muito mais. Claro que, tudo está ligado diretamente ao crescimento do poder de processamento dos computadores e do avanço da internet. Como já foi dito, os dados já estão sendo coletados há muito tempo, mas tudo depende de uma reestruturação dos dados para uma melhor utilização, de modo que as informações realmente úteis possam ser extraídas do meio de tantos dados.

A rede irá crescer muito

Obviamente, todo esse papo de “previsão do futuro” não é apenas para que o mercado consiga se antecipar para vender mais ou saber quais produtos o povo do futuro irá gostar mais. Segundo estudos, a mineração de realidade servirá, principalmente, para ajudar a humanidade a sobreviver por um tempo mais longo e evitar possíveis desastres.

A previsão do futuro poderá ajudar a evitar danos causados por furacões

Claro que, para a mineração de realidade ocorrer será necessário que a estrutura da rede cresça muito. Através da união entre vários setores da Ciência, incluindo a computação, a física, e outras áreas, será possível unir os dados de forma útil e utilizá-los de forma sábia. Tudo isso só será possível num futuro próximo, quando a internet (rede mundial) já estiver num estágio mais avançado. Sendo assim, resta esperar para ver no que tudo isso vai dar.

Chega de bola de cristal

A tecnologia está avançando muito e num tempo não muito distante, você poderá saber com uma precisão incrível os eventos, o clima e tudo que irá ocorrer numa década à frente. O futuro será determinado a partir de cálculos e dados do presente, algo realmente surpreendente. Você pensa que a previsão do futuro através da tecnologia será útil? Crê que a privacidade das pessoas deve ser quebrada para um bem maior? Comente a respeito.

Cupons de desconto TecMundo: